Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição em Colombo

Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição em Colombo

A forte chuva que caiu em Curitiba e região metropolitana de Curitiba na noite deste domingo (13) provocou pânico e destruição na região do Alto Maracanã em Colombo. 

Além dos alagamentos em vários pontos da cidade, na Rua Luís Gasparin, o volume de água provocou o rompimento de uma manilha e um volume imenso de água começou a jorrar na calçada, alagar a rua e invadir as casas. O volume de água foi tão grande que em alguns pontos o nível da água nas casas ultrapassou 1,80m. Os muros das residências não suportaram tanta água e se romperam provocando destruição por onde passava. Uma casa chegou a desabar e outra foi deslocada pela força da água. Dois veículos foram arrastados e ficaram destruídos. 

Uma auxiliar de produção vendo que sua casa corria risco de desabar tirou o filho de 4 anos por cima do muro e acabou sendo arrastada pela enxurrada. Ela só não  morreu afogada porque foi salva por um vizinho.

Durante toda segunda-feira (14) os moradores contabilizavam o prejuízo e limpavam as casas tentando ver se algo podia ser aproveitado.

Um funcionário da prefeitura de Colombo esteve no local conversando com os moradores.

Pai e filho arrastados pela enxurrada

Pai e filho que passavam pela Rua Heitor Vilas Lobos esquina com Rua João D'Agostin tentaram atravessar a enxurrada de moto quando foram arrastados e caíram dentro de um córrego junto com a moto. O filho conseguiu se agarrar ao portão de uma igreja e ficou ali até ser socorrido por moradores. Já o pai teria sido levado pela enxurrada e até o momento não foi localizado. Pelo menos três equipes do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) realizaram buscas no córrego e no rio próximo mas até o momento nem a moto nem o homem identificado por Polaco foram localizados. O filho de 19 anos foi hospitalizado e encaminhado ao Hospital Cajuru sem risco de morrer.

As buscas foram retomadas pela manhã desta segunda-feira, porém só a moto foi localizada.