Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Garota estrábica atira em rival, mas erra alvo e mata homem por engano

(Divulgação/PCGO) - Garota estrábica atira em rival, erra alvo e mata homem por engano
(Divulgação/PCGO)

Na manhã desta sexta-feira a Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios apresentou o resultado das investigações que apuraram de um homicídio que vitimou um homem de 59 anos, executado em um bar em Goiânia, Goiás, no dia 11 de março deste ano.

A Polícia Civil prendeu a jovem Leonice Moreira de Sousa, 23 anos, suspeita de matar o homem durante uma briga de bar. De acordo com informações do delegado responsável pelo caso, isso aconteceu porque Leonice tem um problema na visão. O irmão da jovem também foi preso por envolvimento no caso.

Segundo o delegado, a jovem tem estrabismo e baixa visão. Ela teria tentado matar uma mulher no bar por causa de ciúme e acabou acertando um cliente que não tinha nada a ver com o problema. No dia do homicídio, ela teria discutido com outra jovem por causa de um ex-namorado, após isso foi agredida e deixou o bar. Ainda segundo o delegado, ela e o irmão teriam ido buscar duas armas e voltado atirando contra a mulher, que não foi ferida. Mas Leonice acabou atingindo o homem que estava há cerca de 20 metros do verdadeiro alvo.

Leonice nega o crime e diz que o autor dos disparos foi o irmão. Já o irmão confessou o crime. Os dois vão responder por homicídio qualificado.