Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Greca exonera Marcelo Richa, mas não é definitivo

A notícia da exoneração de Marcelo Richa, filho do governador Beto Richa (PSDB), da Secretaria de Esporte de Curitiba pegou todos de surpresa.

O decreto assinado pelo prefeito de Curitiba Rafael Greca (PMN) é datado de 10 de julho e indica que a exoneração foi a pedido do primogênito de Richa.

A informação correu que nem pólvora e alimentou uma série de conjecturas. Nos bastidores comentava-se sobre uma ruptura entre o governador e o prefeito. Falou-se numa briga de Marcelo com Greca. Também comentaram que o motivo da "briga" e da consequente demissão se devia ao fato da mudança feita por Greca na Fundação de Ação Social (FAS) -- motivada por uma disputa entre as primeiras-damas de Curitiba e do Estado, Margarita Sansone e Fernanda Richa, respectivamente. 

Uma fonte do Blog, muito próxima ao prefeito de Curitiba, explicou a exoneração que de fato aconteceu. Marcelo Richa pediu demissão para viajar ao exterior. Nos planos dele o retorno está garantido após a viagem. Tudo, portanto, devidamente combinado com Greca.