Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Lula dá entrevista à radio de Foz do Iguaçu

O ex-presidente Lula mudou a estratégia. Sempre recluso, o petista agora desandou a conceder entrevistas. A primeira delas foi para o Jornal Folha de São Paulo. 

Na manhã desta terça-feira (13), Lula deu entrevista à Rádio Cultura de Foz do Iguaçu, na região Oeste do Paraná. Por telefone, Lula falou por cerca de 30 minutos.  

O discurso, basicamente, é o mesmo nas duas entrevistas. Lula conclama suas conquistas no governo e diz que o Brasil hoje está pior do que estava. 

Sobre a quase dezenas de processos em que responde na Justiça. O ex-presidente petista fala mais dos seus acusadores do que da denúncia propriamente dita. 

Lula afirma que todos seus acusadores e julgadores mentiram: a Polícia Federal, o Ministério Público Federal, o juiz federal Sérgio Moro, e os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4º Região (TRF4). 

"Todos mentiram. Eles não leram o processo. Quero que julguem o mérito. Se tiver um erro eu pago porque não estou acima da lei. A verdade é que querem tirar o Lula da eleição. Perdi três eleições e não fiz como o (senador) Aécio (Neves) que comandou o impeachment da presidente Dilma (Rousseff). Quem ganhar (a eleição) leva, governa legitimamente. Quero ter a chance de mostrar que posso fazer o país crescer, ser feliz e ter emprego", disse Lula.