Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mudança no secretariado pode criar atrito com família Barros

Uma mudança feita pelo governador Beto Richa (PSDB) no secretariado pode criar rusgas com a vice Cida Borghetti e o marido, o ministro da Saúde Ricardo Barros -- ambos do PP.

Na semana passada, antes de embarcar para Londres, o tucano deu posse a três novos secretários de Estado: Edgar Bueno, Fernando Ghignone e Juraci Barbosa Sobrinho.

A preocupação da família Barros é com a secretaria do Planejamento,  assumida por Juraci Sobrinho.  É o problema é um só: os cargos. 

Até então o Planejamento estava sob a gestão de Cyllêneo Pessoa Pereira Júnior, que é muito ligado a Cida e Barros e foi prefeito da cidade de Mandaguari, próximo a Maringá. Muitos dos cargos da pasta foram indicados pela vice e pelo atual ministro. 

Com a mudança no secretariado, Juraci Sobrinho está promovendo as mudanças na equipe, colocando pessoas de sua confiança. O problema é que o atual chefe do Planejamento vai começar a esbarrar nas indicações da família Barros.