Adianta ir treinar e depois comer coxinha? Pior que adianta

Por Fabiano Tavares

O maior engano das pessoas é achar que para ter benefícios com atividade física é necessário virar o fanático do frango com salada.  É óbvio que a alimentação adequada ajudará e muito a ter melhores resultados. Esse é o ideal. Porém, eu gosto de trabalhar com a vida real, e na vida real nem tudo é lindo como na teoria. Vamos entender o seguinte: você tem que praticar atividade física, independentemente de qualquer coisa!

Os benefícios do movimento são inúmeros, mesmo que você inicialmente não consiga mudar outros hábitos. Na verdade, a prática da atividade lhe ajudará com suas outras limitações. Tais como tabagismo, insônia, ansiedade, má alimentação, dentre outros.

O que acontece é que o exercício físico não traz apenas benefícios visíveis, mas também fornece mudanças internas, através da melhora de vários tipos de marcadores hormonais, neuronais e eliminação de vários tipos de toxinas.

O exercício físico é recomendado para o emagrecimento, na melhora de ansiedade e doenças da alma, melhora do sistema cognitivo e no sistema imune, auxiliador direto em doenças tão comuns no dia a dia como hipertensão e diabetes (milhares de casos de diminuição e, às vezes, até suspensão de medicação) e eu poderia ficar um dia inteiro falando sobre.

O que você precisa entender é que apenas deve iniciar, com o tempo você vai pegando o gosto e ajustando outros hábitos. Não precisa iniciar já tendo um planejamento perfeito. Mas você precisa iniciar o quanto antes.

Sobre o autor

Fabiano Tavares (@ofabianotavares) é bacharel em Educação Física e pós-graduado em Psicologia. Gestor de pessoas há mais de 12 anos, é praticante e entusiasta da musculação para todos os tipos de pessoas.