Amiga diz que tinha relação amorosa com Amy Winehouse e que cantora tinha conflitos com sexualidade

Catriona Gourlay, amiga e ex-colega de apartamento de Amy Winehouse, revelou que tinha um relacionamento amoroso com a cantora durante o período em que moraram juntas. Em depoimento ao documentário “Reclaiming Amy”, do canal britânico BBC Two, Catriona contou que a artista tinha conflitos com a sua sexualidade

“Quando eu tinha 19 ou 20 anos, já tinha estado em um relacionamento longo com uma outra menina, então sabia quem eu era”, contou. “Amy costumava escrever recados para mim enquanto eu dormia, ‘você é a garota mais linda que já vi’ e ‘como você pode ser tão linda tanto dormindo quanto acordada?’. O nosso relacionamento era único e indefinido, nós apenas nos amávamos muito e o que eu concluo, conhecendo ela, é que ela estava confusa em relação a quem era.”

“Quando você tem algo que é tão indefinido por anos é mais difícil e isso é algo fundamental para a compreensão de quem ela era e de seus dilemas”, continuou. 

A amiga ainda completou: “Talvez as pessoas não saibam que ela teve outros relacionamentos na vida, pessoas que realmente a amaram e se importaram com ela e que teriam feito o possível para fazê-la feliz.”

Amy Winehouse morreu no dia 23 de julho de 2011, aos 27 anos, após uma overdose de bebidas alcoólicas. Em memória aos 10 anos de sua morte, o documentário traz relatos de amigos e familiares sobre a difícil perda da artista.

Informações do Fofocalizando.