Balenciaga volta às passarelas com desfile impactante em Paris

PARIS (Reuters) – Balenciaga apresentou trajes de noite bordados e looks casuais exuberantes em sua primeira coleção de alta costura em mais de 50 anos em Paris nesta quarta-feira, um dos desfiles mais aguardados da semana.

O diretor criativo Demna Gvasalia vestiu as modelos em casacos amarelos e rosa de estilo roupão, terninhos pretos soltos e vestidos de noite enfeitados. Também se viram casacos de cetim volumosos e mais looks casuais compostos de macacões, jeans e jaquetas.

O estilista disse que buscou inspiração no fundador espanhol da marca, Cristóbal Balenciaga, mostrando silhuetas em forma de ovo, um vestido de bolinhas drapeado de chiffon e um casaco bordado de shantung com pele falsa.

Os acessórios incluíram chapéus grandes parecidos com discos voadores, óculos de sol de visor e luvas compridas.

“Vejo como minha obrigação criativa com a herança única do senhor Balenciaga trazer a couture de volta à sua casa”, disse Gvasalia.

“Ela é a própria fundação desta maison secular.”

Os convidados do desfile, realizado no ateliê de Cristóbal Balenciaga, incluíram a modelo Bella Hadid, os rappers Kanye West e Lil Baby e a atriz Salma Hayek, esposa de François-Henri Pinault, presidente e CEO da Kering, uma empresa do mesmo grupo da Balenciaga.

A Semana de Alta Costura de Paris, que vai até quinta-feira, marca a volta de desfiles ao vivo agora que as restrições de lockdown foram amenizadas na França.