Bienal de Teatro Lambe-Lambe começa neste sábado

Paranaguá recebe a partir deste sábado (15) a 1ª Bienal de Teatro Lambe-Lambe. O evento terá oito dias de atividades com 28 espetáculos de sete estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e do Distrito Federal; além da Argentina, Chile e México. Devido às restrições impostas pela pandemia do coronavírus, o evento será apresentado por meio das plataformas do Youtube e Facebook.

A abertura da Bienal será às 16 horas do sábado (15) com a participação especial das criadoras do Teatro Lambe-Lambe, Denise di Santos, com a Palestra/Espetáculo “O vir a ser”; e Ismine Lima, com o espetáculo “Esperando Dora” e lançamento do livro “Circo de papel”. No domingo (16), também a partir das 16 horas, serão apresentados quatro espetáculos. A partir da segunda-feira (17) até sexta-feira (21) os espetáculos serão apresentados às 19 horas. No dia do encerramento, sábado (22), os espetáculos começam às 16 horas.

As atrações que vão compor a Bienal foram selecionadas por meio de convocatória, em abril de 2020. E, ainda na programação, os artistas participantes farão uma partilha do processo de trabalho.

Dessa forma, durante oito dias, a Bienal de Teatro Lambe-Lambe, além de entreter as famílias paranaenses, brasileiras e internacionais, também vai oferecer ações formativas para o público, por meio das Palestras, Oficina de Dramaturgia e Laboratórios. Os espetáculos terão acessibilidade em Libras.

Sobre o Teatro Lambe-Lambe

O Teatro Lambe-Lambe é uma arte genuinamente brasileira. Criado na década de 1980 em Salvador, por Ismine Lima e Denise di Santos, este jeito de fazer teatro foi inspirado nas antigas caixas fotográficas do século XIX.

Inecê Gomes, integrante da Trágica Companhia de Arte ao lado de Jacques Beauvoir, idealizadoras e realizadoras da Bienal de Teatro Lambe-Lambe, explica: “Os espetáculos em miniaturas são apresentados dentro de uma caixa, onde um espectador por vez é conduzido na ludicidade da história”.

Desde 2013, Inecê e Jaques circulam com seus espetáculos de teatro lambe-lambe por Curitiba e em diversos festivais pelo Brasil e América Latina. Agora elas estão trazendo essa Bienal para Paranaguá conhecer e se encantar com o infinito universo do Teatro Lambe-Lambe.

Informações da Assessoria