Carreta Furacão está proibida utilizar Fofão durante as apresentações

A Carreta Furacão está proibida de utilizar um dos personagens principais das apresentações devido a uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo. A entidade proibiu o intérprete do personagem criar um novo Fofão.

O processo que corre em aberto foi iniciado por Pedro Vasen Pessini, filho de Orival Pessini, que deu vida ao personagem no Balão Mágico, durante os anos 80. A Carreta Furacão é acusada de plágio por utilizar fantasias do Fofão nas apresentações.

A agência cobra indenização de R$ 500 mil e afirma que “Orival Pessini tinha receio de que seus personagens fossem apropriados indevida e maliciosamente por terceiros”.

Eles continuavam o argumento alegando que Pessini tinha pedido para que “tanto as máscaras quanto os respectivos moldes de seus personagens fossem destruídos”.