3ª edição do festival “Canto Pá Quentá” celebra tradições da cultura popular brasileira

Valorizar as culturas regionais é essencial para manter viva a identidade de um povo ou de uma localidade. No Paraná, uma das mais importantes é a caiçara, que tem raízes profundas no litoral do estado. No Maranhão, as festividades do Espírito Santo são muito fortes. E essas duas vertentes da cultura popular brasileira se encontram em Curitiba nesta semana.

Para difundir essas tradições foi criado o festival “Canto Pá Quentá”. A 3ª edição do evento, que tem curadoria de Itaercio Rocha e coordenação de Jéssica Quadros, será realizada de 9 a 12 de junho na Alfaiataria Cultural e no Folia Bar e Cultura, em Curitiba.

O festival oferece a oficina gratuita “Itinerâncias de Uma Jovem Caixeira”, que tem foco nos Cânticos e Toques do Divino Espírito Santo, ministrada pela dançarina e coreógrafa maranhense Bartira Menezes. As atividades levam aos participantes alguns aspectos essenciais da cultura maranhense, entre eles, o canto e a percussão. Nesses encontros, o evento promove uma grande celebração da diversidade cultural brasileira e fomentam as práticas coletivas e a participação social.

A entrada para todas as atividades é gratuita, basta retirar o ingresso no próprio local, de acordo com a capacidade de cada espaço. Restam algumas vagas para a oficina e para participar é preciso fazer a inscrição prévia.

Três dias de imersão na cultura caiçara

A abertura da 3ª edição do “Canto Pá Quentá” acontece nesta quinta-feira (9), das 17 horas às 22 horas, na Alfaiataria Cultural (Rua Riachuelo, 274, no Centro), com a primeira parte da Oficina, que tem foco nos Cânticos e Toques do Divino Espírito Santo. No sábado (11), a oficina é retomada às 9 horas.

A oficina oferece um trabalho de musicalização natural por meio da prática do canto, da percussão, e de improvisos vocais. Dessa maneira, os cânticos do Divino, transmitidos oralmente há gerações, são assimilados com facilidade e resgatam a memória coletiva.
Após um breve intervalo, o evento será retomado às 15 horas com a “Ladainha e Salva de Caixas para Santo Antônio”, também com o comando da maranhense Bartira Menezes.

Na sequência, às 17 horas, acontece o “Baile Rezado”, conduzido pela cantora Melina Mulazani. Com o auxílio dos brincantes Drica Possan e Zé Ronaldo, Melina procura reunir toda a plateia em uma dança conjunta, estabelecendo uma comunhão de alegria. Depois do baile, café para os participantes, com distribuição de pãezinhos e bolo de Santo Antônio.

Às 18h30, para fechar a programação do dia, será oferecido um café aos participantes, com distribuição de pãezinhos e de pedaços do bolo de Santo Antônio.

O encerramento do “Canto Pá Quentá” acontece no domingo (12), no Folia Bar e Cultura (Av. Jaime Reis, 310/320, no São Francisco), a partir das 20h30, com o baile Fandango Ubá.

O evento reúne jovens músicos caiçaras descendentes de grandes mestres fandangueiros, além de educadores e pesquisadores. Essas especificidades contemplam a tradição e a contemporaneidade enraizada do território caiçara. O Fandango Ubá celebra a continuidade dessa tradição que permanece viva.

Para esse evento, os ingressos gratuitos devem ser retirados no próprio local até sexta-feira (10). Na hora, as entradas custarão R$ 10.

Serviço
Quando: Quinta-feira (9) O que: Oficina de Cânticos e Toques do Divino Espírito Santo, com Bartira Menezes.
Horário: das 17h às 22h
Entrada: Gratuita, basta retirar os ingressos no próprio local. A quantidade de entradas é limitada a capacidade do espaço cultural
Local: Alfaiataria Cultural (Rua Riachuelo, 274, no Centro), com a oficina “Ladainha e Salva de Caixas para Santo Antônio”

Sábado 11 de junho
9h às 12h: Oficina de Cânticos e Toques do Divino Espírito Santo, com Bartira Menezes
15h: Ladainha e Salva de Caixas para Santo Antônio, com Bartira Menezes
17h: Baile Rezado, com Melina Mulazani
18h30: Café para os participantes, com distribuição de pãezinhos e bolo de Santo Antônio
Entrada: Gratuita, basta retirar os ingressos no próprio local. A quantidade de entradas é limitada a capacidade do espaço cultural
Local: Alfaiataria Cultural, R. Riachuelo, 274, Centro

Quando: Domingo 12 de junho
O que: Baile Fandango Ubá
Horário: 20h30
Entrada: Para esse evento, os ingressos também são gratuitos, mas devem ser retirados no próprio local até sexta-feira (9). Na hora, as entradas custarão R$ 10
Local: Folia Bar e Cultura, Av. Jaime Reis, 310/320, São Francisco