Museu do Expedicionário amplia acervo de herói da 2ª Guerra Mundial

Em 12 de abril de 1945, tombou nos campos de batalha da Itália o Sargento Max Wolff Filho, um dos heróis brasileiros na 2ª Guerra Mundial.

O herói paranaense, nascido em Rio Negro, no Paraná, tem uma sala no Museu do Expedicionário, que recentemente recebeu uma doação de sua família, composta por fotos e cartas que ele enviou da Itália para o Brasil para sua única filha, Hilda. Os itens já se encontram expostos e disponíveis para os visitantes.

O Museu do Expedicionário é um dos museus mais visitados do Paraná, com uma média mensal de 3.500 pessoas, entre estudantes e turistas, locais e estrangeiros.

Tem um acervo que registra a participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial (1939 a 1945), destacando a atuação dos pracinhas paranaenses na vitoriosa campanha em solo europeu. São documentos, fotos, filmes, mapas, ilustrações da época e material bélico utilizado por combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Marinha de Guerra do Brasil. São cerca de 25 mil itens destinados a contar a história dos heróis nos campos de batalha.

Um herói paranaense

Max Wolff Filho nasceu em 29 de Julho de 1911, em Rio Negro. É reconhecido como um dos heróis do Brasil na 2ª Guerra Mundial. Começou carreira militar aos 18 anos, quando se alistou no 15º Batalhão de Caçadores (atual 20º BIB), em Curitiba. Em 1930, ingressou na Polícia Militar do Rio de Janeiro, lá permanecendo até 1940. Lutou na Revolução Constitucionalista de 1932. Em 1944, voluntariou-se para participar da guerra, como Sargento do 11º Regimento de Infantaria (São João Del Rei/MG).

Desembarcou na Itália em Setembro de 1944 e liderou mais de 30 missões de Patrulha, tendo sido voluntário para participar da maioria delas. Em suas folhas de serviços constam diversos elogios de seus comandantes, destacando sua liderança, determinação e coragem.

Em sua última Patrulha, na região de Montese, foi atingido pelos tiros de uma “Lurdinha” (apelido que os brasileiros davam à Metralhadora alemã MG-42), vindo a falecer em 12 de abril de 1945.

Museu do Expedicionário

Endereço: Rua Comendador Macedo, 655 (Praça do Expedicionário), Alto da XV – Curitiba.

Telefone/Fax e Agendamento de Visitas Mediadas: (41) 3362-8231

Horário de visitação

De terça a sexta: das 9 às 12h e das 14 às 17h

Sábados e domingos: das 10 às 12h e das 14 às 17h

Feriados Nacionais: consultar o Museu