Seguindo o novo decreto, Feirinha do Largo da Ordem é antecipada para esta sexta

Com as restrições de funcionamento aos fins de semana por causa prevenção à covid-19, a Feira de Artesanato do Largo da Ordem, realizada aos sábados e domingos, passa a funcionar às sextas-feiras com tamanho reduzido, seguindo todos os protocolos sanitários. Nesta sexta-feira (28), serão 60 barracas que vão ocupar a região da Praça Garibaldi.

Os artesãos vão expor os produtos das 10h às 17h e quem for conferir a novidade vai poder apreciar também o famoso pastel de feira, já que as barracas de alimentação terão espaço garantido.

(Foto: Luiz Costa/SMCS)

“Estamos oferecendo uma alternativa tanto para os artesãos que participam da feira de artesanato mais tradicional da cidade como para a população que costuma frequentar regularmente a feirinha”, comenta Tangrian Cunico Santos, coordenadora das Feiras de Artesanato.

A feirinha também acontece todos os dias on-line.  

As feiras de artesanato dos bairros, com funcionamento de segunda a sexta-feira, continuam abertas e seguem os mesmos protocolos de segurança sanitária.

Confira os locais, dias e horários de funcionamento

Boqueirão
Local: Praça Nossa Senhora do Carmo, s/n
Dia da semana: segunda-feira, terça-feira e quarta-feira
Horário: 10h às 16h

CIC
Local: Rua São Severino, 1
Dia da semana: quarta-feira
Horário: 10 as 17

Ucrânia
Local: Praça da Ucrânia
Dia da semana: quarta-feira
Horário: 10h às 18h

Fazendinha
Local: Terminal do Fazendinha
Dias da semana: quarta-feira e sexta-feira
Horário: 10h às 17h

Portão
Local: Praça Desembargador Armando Carneiro / Terminal do Portão
Dia da semana: quinta-feira
Horário: 10h às 17h

Tatuquara
Local: Av. Pero Vaz de Caminha / esquina com Rua Enette Dubard
Dias da semana: quinta-feira
Horário: 10h às 17h

Cajuru 
Local: Rua da Cidadania do Cajuru
Dia da semana: sexta-feira
Horário: 14h às 19h

Pinheirinho
Local: Rua da Cidadania do Pinheirinho
Dia da semana: sexta-feira
Horário: 10h às 17h

Protocolos de funcionamento 
I – Distanciamento de 2m;
II – Uso obrigatório de máscaras; 
III – Disponibilização pelos artesãos de álcool 70% ou sanitizantes de efeito similar para uso próprio e de clientes; 
IV – Organização de filas para evitar aglomerações; 
V – Presença de apenas um artesão por barraca; (exceção para barracas de alimentação, que devem obedecer distanciamento de 1,5m) 
VI – Recomendação para que seja evitada a possibilidade de manipulação dos produtos a serem comercializados pelo público em geral; (ou que seja utilizado álcool em gel antes e após o manuseio) 
VII – Colocação de cartazes de orientação e utilidade pública referentes à prevenção da covid-19, disponibilizados pelo Instituto Municipal de Turismo.

Informações da Prefeitura de Curitiba