De origem senegalesa, “Rei do TikTok” receberá cidadania italiana

Nascido em Dacar, a capital de Senegal, o jovem Khaby Lame, de 22 anos de idade, finalmente receberá a cidadania italiana — apesar de viver com a família no país europeu há duas décadas. A concessão do documento foi anunciada pelo governo da Itália na última sexta (24).

A decisão do governo italiano em conceder a cidadania foi tornada pública um dia após Lame tornar-se o “Rei do TikTok”, a pessoa com mais seguidores na plataforma audiovisual em todo o mundo. Ele alcançou 142,6 milhões de fãs na rede social e, assim, ultrapassou a dançarina norte-americana Charli D. Amelio.

“Caro Khaby Lame, queria tranquilizá-lo que o decreto de concessão da cidadania italiana já foi emitido no início de junho pelo Ministério do Interior”, afirmou o subsecretário da pasta, Carlo Sibilia. “Em breve, você será contatado por instituições locais para notificação e juramento. Boa sorte”, prosseguiu o político. 

De acordo com a agência de notícias Ansa, Lame reclamou publicamente, ao responder a uma mensagem no Twitter, que ainda não tinha a cidadania italiana. 

Por meio do perfil @khaby.lame, o jovem começou a chamar a atenção — de internautas da Itália e de outros locais do mundo — em situações nas quais, sem falar palavra alguma, mostra como fazer de modo simples ações que outras pessoas exibem de forma complicada, como, por exemplo, lavar a louça com a ajuda de uma mera esponja.

Sucesso após demissão

Khaby Lame começou a fazer sucesso nas redes sociais e, consequentemente, a ganhar status de mega influenciador digital após ser demitido, no começo de 2020. Ele, que mora com a família na região de Turim, no norte da Itália, trabalhava como operário. Sem trabalho, passou a divulgar “tutoriais” descomplicados na internet.

Além de ser considerado o “Rei do TikTok”, Lame faz sucesso em outras redes sociais. No Instagram e no YouTube, ele conta com volume milionário de seguidores, com 78,4 milhões e 7,4 milhões, respectivamente. No Twitter, onde também tem perfil verificado, o futuro cidadão italiano soma 192 mil seguidores.

Senegal, Itália e Brasil

De origem senegalesa e prestes a se tornar, oficial e legalmente, um cidadão italiano, Khaby Lame tem ligação com um outro país: o Brasil. Por mais de um vez, ele gravou vídeos vestindo a camisa da seleção brasileira de futebol, demonstrando ser fã da equipe pentacampeã do mundo.

Com informações do portal SBT News.