Evento de Jazz e Blues neste sábado tem entrada gratuita em Curitiba

Depois de uma estreia incrível em São Paulo no dia 25/6, com direito a tempo claro, um público enorme e lindo e muita música boa, teremos a etapa de CURITIBA do BLUES JAZZ BRASIL FESTIVAL, que será realizado neste sábado (2), das 11 às 19h, na Área Externa do Jockey Eventos (rua Dino Bertoldi, nº 740- Tarumã). E com um elenco de encher os olhos.

O evento também terá show em Porto Alegre (30/7). Já no dia 13/8 será a vez da versão Online: uma edição especial, com os melhores momentos dos shows e conteúdos exclusivos, transmitida no canal do Festival, apresentado pela cantora Paula Lima.

Para quem conhece este marcante Festival, já sabe: não se trata apenas de um evento de Blues e Jazz, mas de um divertido dia ao ar livre, com direito a música da melhor qualidade, o tradicional e divertido picnic, atividades para crianças e ações de sustentabilidade. Um passeio e tanto! E gratuito!

O elenco de Curitiba prima pela diversidade de estilos e pela imensa qualidade artística. De cara, vale destacar o gaúcho Renato Borghetti, que desde o lançamento de seu primeiro álbum, em 1984, consagrou-se como um dos grandes executores da gaita ponto, um dos instrumentos musicais mais marcantes da música sulista. Figura frequente em grandes festivais no Brasil e no mundo, ele sabe como poucos mesclar o som brasileiro, o latino e muito mais com criatividade, energia e assinatura própria

O gaúcho Yamandu Costa e seu icônico violão de sete cordas, outro artista nacional com fama mundial, virá de Lisboa (onde vive atualmente) para nos mostrar uma incrível fusão dos ritmos de sua terra natal acoplados a jazz, choro, bossa nova e o que mais pintar. Aos 42 anos, ele se apresentará com o bandolinista paulistano Fábio Perón e o baixista baiano Filipe Moreno, ambos nomes que vem se destacando na nova geração.

Hélio Brandão Sexteto é comandado pelo experiente músico curitibano Hélio Brandão, conhecido como compositor, saxofonista e contrabaixista. De formação erudita, ele integrou a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Paraná e outras formações de cunho orquestral e camerístico. Ele atuou com nomes do porte de Milton Nascimento, Hermeto Pascoal. Raul de Souza, Jean Pierre Rampal e Arthur Moreira Lima, só para citar alguns deles.

Neto do mitológico Astor Piazzolla (1921-1992), o baterista argentino Daniel “Pipi” Piazzolla lidera o grupo Escalandrum, que desde 1999 investe em uma inventiva fusão do tango com o jazz que já rendeu mais de 10 álbuns e shows em cerca de 40 países da Europa e América, Brasil incluído. Eles recentemente gravaram o elogiado álbum “Studio 2” (2018) no Abbey Road, mitológico estúdio de Londres onde brilharam os Beatles.

Para os fãs de grandes vozes femininas, a pedida será conferir a performance da excelente cantora norte-americana Tia Carroll, uma fiel seguidora da soul music e do blues oriunda de Richmond, Califórnia. Ela será acompanhada por um dos principais grupos de Blues no Brasil atualmente, Igor Prado & Just Groove, liderado pelo cantor, compositor e guitarrista brasileiro Igor Prado, vencedor de diversos prêmios internacionais e que consegue a façanha de ser extremamente elogiado e popular como bluesman na pátria do blues, os EUA.

O jazz de raiz estará presente com o grupo brasileiro Orleans Street Jazz Band, figura constante em grandes festivais no Brasil e que agita o público com performances pra cima e inspiradas das street bands de Nova Orleans.

O Bando Rock & Blues, grupo mineiro de blues que faz parte da trajetória do Festival desde a primeira edição, fará um show afiadíssimo com clássicos do blues, com um repertório daqueles que levantam o público e fazem história. Integra ainda a programação a cantora e compositora mineira Isabela Morais, que se apresentará em um show exclusivo (intitulado Due Fole) com João Marcos Veiga, em um duo emocionante de hits das divas do blues e jazz ao som de um dos instrumentos mais tradicionais do Brasil, a sanfona.

O Blues Jazz Brasil Festival é o sucessor do Festival BB Seguros de Blues e Jazz, que,a partir de 2015, teve seis edições realizadas, com direito a 184 shows presenciais em oito capitais brasileiras e 42 na versão online, em 2020. Participaram até hoje grandes nomes da música nacional e internacional em shows gratuitos. O patrocínio fica agora a cargo da PORTO.

Entre outros nomes importantes, participaram deste marcante festival artistas do calibre de Al Di Meola, Stanley Jordan, Robert Cray, Toninho Horta, Rick Wakeman, Zélia Duncan, Pepeu Gomes, Blues Etílicos, Joe Louis Walker, Wallace Roney Quintet e Maria Gadú, entre outros.

O patrocínio da PORTO se mostra decisivo para viabilizar a continuidade deste importante e bem-sucedido evento, que proporcionará mais uma vez, e de forma gratuita, o acesso do grande público a performances de artistas que normalmente só se apresentam nas casas de espetáculos mais caras e restritas no Brasil e no mundo.

O Blues Jazz Brasil Festival é realizado via Lei de Incentivo à Cultura, patrocinado e apresentado pela Porto, com realização da Marolo Produções, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal/Pátria Amada Brasil.

Confira as atividades especialmente programadas para as crianças:

– Oficina de desenho e colagem 

– Oficina de malabares 

– Pintura artística facial

– Escultura de balão

As atividades infantis começam às 11h e vão até às 16h.

São gratuitas e por ordem de chegada.

Programação dos shows em Curitiba

  • 11h00 – Orleans Street Jazz Band
  • 11h30 – Hélio Brandão
  • 12h30 – Renato Borghetti
  • 13h30 – Escalandrum
  • 15h30 – Isabela Morais Due Fole
  • 15h15 – O Bando Rock & Blues
  • 16h15 – Yamandu Costa convida Filipe Moreno e Fábio Perón
  • 17h30 – Tia Carroll e Igor Prado & Just Groove

Atenção: Os horários são aproximados e estão sujeitos à alterações, devido à dinâmica do Festival.