Ex de Kylie Jenner, rapper Tyga é preso por violência doméstica

rapper Tyga, de 31 anos, foi preso nessa terça-feira (12) após ser acusado de agredir fisicamente a ex-namorada Camaryn Swanson. A informação foi confirmada pelo Departamento de Polícia de Los Angeles no Twitter, que apontou que o artista foi autuado por crime de violência doméstica

Segundo o TMZ, os policiais chegaram à residência do rapper na parte da manhã, mas não foram atendidos. Tyga só se entregou um tempo depois e permaneceu em silêncio durante o período em que esteve na delegacia

O ex de Kylie Jenner foi solto na tarde de ontem após pagar a fiança de US$ 50 mil (R$ 276 mil), de acordo com a revista People. O caso será encaminhado para o Gabinete do Promotor Público de Los Angeles, que irá avaliar as acusações contra o artista. 

No Instagram, Camaryn compartilhou uma foto do rosto machucado e relatou o acontecido. “Eu fui abusada emocional, mental e fisicamente. Estou muito envergonhada por isso ter chegado a este ponto, mas preciso me defender”, afirmou. 

A agressão

O caso teria ocorrido às 3h da manhã da última segunda-feira (11) na casa do cantor, segundo informações divulgadas pelo TMZ. Na versão de Tyga, a influenciadora teria aparecido na porta de sua casa sem ser convidada – aos gritos e aparentemente alcoolizada – e, após ter a entrada permitida, teria começado a brigar com o rapper lá dentro. Camaryn nega essa versão. De acordo com ela, um motorista teria ido buscá-la à pedido de Tyga e a agressão teria acontecido depois que ela decidiu ir embora da casa do rapper e foi impedida por ele. 

Informações de Fofocalizando