Após perder processo contra Johnny Depp, Amber Heard lamenta: “Fui injustiçada”

Nessa segunda-feira (13), Amber Heard, 36 anos, concedeu sua primeira entrevista após a derrota no processo contra o ex-marido, Johnny Depp, 59. Em um bate-papo com a jornalista Savannah Guthrie, do programa norte-americano “Today”, a atriz disse entender a decisão do júri, mas lamentou a forma como foi retratada pela imprensa: “Fui injustiçada“. As informações são site gringo “Variety”.

Após perder processo contra Johnny Depp, Amber Heard diz se sentir injustiçada

Em um especial que será exibido nos Estados Unidos ainda nessa semana, Amber diz: “Eu realmente entendo. Ele [Johnny] é um personagem amado e as pessoas sentem que o conhecem. Ele é um ator fantástico.“, afirmou logo a princípio.

Contudo, a também atriz disse que se sentiu injustiçada com a forma como foi retratada pela imprensa durante o julgamento: “Eu não me importo com o que pensam sobre mim ou quais julgamentos você quer fazer sobre o que aconteceu na privacidade da minha própria casa, no meu casamento, a portas fechadas (…) não levo para o lado pessoal.“, disse em seguida.

Mas mesmo alguém que tem certeza de que eu mereço todo esse ódio, mesmo que você pense que estou mentindo, você ainda não pode me olhar nos olhos e me dizer que acha que houve uma representação justa na imprensa. Você não pode me dizer que acha que isso foi justo.“, se queixou por fim.

Relembre

Para quem não acompanhou o drama, o divórcio de Amber e Johnny foi repleto de acusações mútuas e difamações. Durante todo o processo vieram à tona inúmeros detalhes sobre um ex-relacionamento complexo, marcado por denúncias de violência doméstica, manipulação, uso de substâncias ilícitas, entre outros.

Depp processou a ex-mulher e pediu uma indenização de US$ 50 milhões, alegando que ela o difamou quando disse ter sido vítima de abuso doméstico. Já Heard, por sua vez, abriu um outro processo, em que solicitava US$ 100 milhões, argumentando que o ator a difamou ao chamá-la de mentirosa.

Entretanto, o júri foi a favor do astro, concordando com todas as alegações apresentados pelo artista. Já a atriz teve apenas 1 das 3 acusações contra seu ex-companheiro concordadas pela corte. Por isso, ela terá que pagar 10 milhões de dólares para o galã de Hollwyood, enquanto ele vai ter que desembolsar apenas 2 milhões de dólares para ela.

Informações do Jetss.