Começa julgamento do ator Bill Cosby sobre acusação de agressão sexual

O julgamento civil de Bill Cosby por alegações de que ele agrediu sexualmente uma mulher quando ela era adolescente em meados da década de 1970 está programado para começar nesta quarta-feira em Santa Monica, na Califórnia, embora o ator não pretenda comparecer.

A mulher, Judy Huth, processou Cosby em 2014, alegando que o ator e comediante a levou para a Mansão Playboy e a obrigou a realizar um ato sexual por volta de 1974, quando ela tinha 15 anos. Ela busca indenizações não especificadas por agressão sexual e sofrimento emocional.

No processo, Huth disse que ela e uma amiga conheceram Cosby em um set de filmagem em um parque. Ela disse que Cosby convidou as meninas para encontrá-lo na semana seguinte, quando ele fez Huth beber cerveja e a molestou em uma cama na mansão de Los Angeles.

A advogada de Cosby, Jennifer Bonjean, disse: “Estamos confiantes de que as evidências desacreditarão a alegação de 50 anos”. Outro advogado de Cosby confirmou que ele não estará presente na quarta-feira.

Gloria Allred, que representa Huth, afirmou que sua cliente não comenta o caso.

Cosby, de 84 anos, é mais conhecido por seu papel como o adorável marido e pai na série de comédia da década de 1980 “The Cosby Show”.

Mais de 50 mulheres o acusaram de várias agressões sexuais ao longo de quase cinco décadas.