Gretchen se pronuncia sobre briga familiar e decide encerrar processo de adoção

Gretchen decidiu sair do silêncio e se pronunciar sobre as polêmicas envolvendo a família, em especial a filha Jenny Miranda.

A famosa fez uma live nas redes sociais desmentindo algumas falas, além de comentar pela primeira vez sobre o encerramento do processo de adoção da influenciadora.

“Ela disse que faz 17 anos que corre processo de adoção. Outra mentira. Eu entrei com esse processo de adoção em 2018. Não existem 17 anos de processo, existem quatro anos de processo. Nesse processo, a mãe dela disse que não iria abrir mão… Ela pediu dinheiro para abrir mão e como não quisemos dar, ela não abriu mão de ser a mãe da Jennifer”, disse Gretchen.

A Rainha do Rebolado explicou que demorou para vir a público e comentar o assunto pois daria mais fama para Jenny. “Não me pronunciei porque a Jennifer gosta disso. Quanto mais as pessoas falarem, mais ela vai falar. E se ela não tiver verdade, ela mente. Ela cria verdades”, alegou.

Após a live, Jenny fez uma carta aberta sobre as falas da cantora. Ela abriu o jogo e contou sobre a proibição de usar o nome “da até então ‘família’”.

“O que ocorre é que nesta mesma noite foi aberta uma live na qual eu fui difamada, caluniada e, mais uma vez, injustiçada. Não estou pedindo empatia de ninguém, nunca precisei disso. Só estou querendo dizer que estão tratando como uma novela os fatos que dizem respeito às minhas maiores dores. Eu fui adotada de coração e, agora, mais uma vez, abandonada”, desabafou a influenciadora.