Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Kim Kardashian achou que tivesse perdido o bebê durante sua primeira gravidez

Kim Kardashian já revelou que suas gestações foram complicadas e, justamente por isso, recentemente ela contratou uma barriga de aluguel para ser mãe pela terceira vez. No sábado, 24, no especial de dez anos do "Keeping Up With The Kardashians", a socialite falou sobre a época em que estava grávida de North, sua primeira filha.

"Khloé e eu fomos a um médico especializado em fertilidade e ele disse que seria muito difícil eu ficar grávida. Eu já estava decidida a congelar meus óvulos quando, do nada, fiquei grávida. Eu lembro de ligar para o Kanye (West) e ele pensou que algum parente meu havia morrido, de tão histérica que eu estava. Por um momento, eu pensei que minha vida havia acabado, eu estava grávida! Mas, obviamente, foi a melhor coisa que já me aconteceu", contou Kim.

Porém, ainda nos primeiros meses da gravidez, ela teve um susto. "Eu sentia muita dor. Em certo momento, eu tive um aborto espontâneo - eu estava muito certa disso. Eu não sabia o que estava acontecendo. Eu fui até a casa da minha família no Dia de Ação de Graças e o médico me disse: 'Não há batimento cardíaco, você teve um aborto. Nós vamos superar isso, passe aqui após o Dia de Ação de Graças'. Então eu voltei lá na manhã do dia seguinte e ele disse: 'O coração está batendo, você não teve um aborto!'. Eu pensei: 'Ai meu Deus, isso é um sinal!' Foi um dia tão emocionante", relembrou Kim.

Durante o especial, ela ainda contou como conheceu Kanye. Em 2003, os dois tinham um amigo em comum, o rapper Brandy, com quem Kanye gravou uma música. "A gente saía juntos. Ele perguntava aos amigos dele: 'Quem é Kim Kardajan?' Ele sequer sabia meu nome direito', lembrou.

Os dois eram amigos mas, anos depois, Kim casou-se com Kris Humphries e só voltou a falar com Kanye após o divórcio, em 2012. "Depois da minha separação, eu me senti muito para baixo e ele disse: 'Venha para Paris ver meu desfile de moda'. Ele brinca que fez todo aquele desfile só para ter um encontro comigo. Então eu fui lá, ficamos e aí começamos a namorar. Eu juro que, desde o momento em que eu pousei em Paris, eu me senti loucamente apaixonada por ele e pensei: 'Por que eu não fiz isso antes?'", contou.K