Luísa Sonza se pronuncia pela primeira vez sobre processo por injúria racial

Luíza Sonsa se pronunciou pela primeira vez sobre um processo por injúria racial que aconteceu em 2018.

Visto a demora de comentar o que aconteceu, ela se explicou: “Estou acompanhando tudo e meu silêncio nesses dias não é porque não queira falar sobre o assunto, mas porque eu precisava desse tempo para refletir, conversar com as pessoas e entender melhor algumas questões que achei que dominava, mas me dei conta que não”.

O processo em questão foi aberto pela advogada Isabel Macedo, após ficar hospedada em uma pousada em Fernando de Noronha e ter sido confundida como uma funcionária por Luíza. Ao negar que não trabalhava no local, a advogada alegou que a artista duvidou da afirmação, o que gerou um grande desconforto.

Luíza pediu uma audiência amigável com Isabel e que irá acatar o valor pedido por ela.

Aproveitando o momento, a cantora ainda comentou que reconhece os privilégios que possui e que vai buscar aprender cada vez mais sobre o assunto: Me dei conta de que todos, até mesmo pessoas como eu, que se reconhecem como aliadas a questões sociais, precisam sempre estudar mais e buscar por mais conhecimento e ainda mais empatia. Estou lidando com essa situação como uma oportunidade para tentar ser melhor, como sempre tentei fazer todas as vezes que alguma coisa aconteceu comigo, publicamente ou não”.