Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Querem me chamar de pedófila, chamem, diz Xuxa após crítica de Datena

A apresentadora Xuxa rebateu na última quarta-feira, 4, através de transmissão ao vivo em seu perfil do Facebook, as declarações do jornalista José Luiz Datena, que a chamou de "imbecil" após ela criticar seu filho, Joel Datena.

"Não gosta de mim, não tem problema", afirmou Xuxa. "Não quero que gostem de mim. Querem me chamar de garota de programa, querem me chamar de pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem", disse ela, em menção ao filme Amor, Estranho Amor. Em cena do longa, ela aparece seminua em uma cama com uma criança.

"Existe uma lei chamada Menino Bernardo, que vocês vão ter de aceitar. E essa lei é clara, não pode usar violência contra criança", disse, sobre o comentário de Joel no programa Brasil Urgente. No programa, ele disse que puniria fisicamente um menino de 10 anos que havia pego o carro da mãe sem seu conhecimento. No mesmo dia, Xuxa escreveu nas redes sociais: "Uma criança não deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei".

Pouco depois disso, Datena preferiu não citar o nome de Xuxa, mas contra-atacou. Ele afirmou que uma das poucas vezes em que quis dar palmada em seu filho foi quando ele assistiu "àquela garota de programa infantil, que cresceu e ainda continua infantil e além disso imbecil".

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo