Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Jornalista lança livro com 60 dicas de preparo de caipirinhas

(Foto: Divulgação) - Jornalista lança livro com 60 dicas de preparo de caipirinhas
(Foto: Divulgação)

Você sabia que uma caipirinha de morango, por exemplo, não pode ser chamada de caipirinha? Pois é! Para receber o título, a receita tem que levar, obrigatoriamente, açúcar, cachaça e limão. Desta forma, a jornalista Kelly Costa lança em Curitiba, durante a 6ª edição do Cacharitiba, seu livro com 60 dicas de preparo dessa bebida tão amada pelos brasileiros.

Dona do blog Caipirinha Prendada, a jornalista aproveita o evento, que acontece nesta sexta-feira (6) e sábado (7), para lançar seu livro “Caipirinhas – 60 dicas testadas e aprovadas. “O livro traz um pouco de conceito, história, tipos de cachaça e muitas dicas e inspirações para aqueles que gostam da bebida e querem experimentar algo novo”, explica a paulista.

Aqui, a criatividade é quem manda: pode adicionar café, carambola, kiwi, abacaxi... só não pode tirar o limão! E, claro, nem pense em trocar a cachaça por qualquer outra bebida alcoólica, pois, como Kelly frisa, o ingrediente é a alma da caipirinha. “Se você tirou a cachaça, não é mais caipirinha, assim como tirar o limão. Existe uma legislação que estipula que só pode ser chamada de caipirinha se tiver os três ingredientes”, conta.

Em um espaço próprio no evento, Kelly está batendo papo com todos que participam do encontro e querem conhecer mais sobre o preparo da bebida ou, então, comprar seu livro. Durante o Cacharitiba, o exemplar custa apenas R$ 50. “O que tem me surpreendido é o fato de vários profissionais que trabalham em bares estarem comprando o livro. Muitos levam mais de um, para dar de presente”, comemora a jornalista.

Quem quiser conversar com a blogueira pode encontra-la no evento nesta sexta-feira, até as 18h, e neste sábado, das 8h às 18h.  

Colaboração Louise Fiala