Giovanna Ewbank defende filhos de racismo em Portugal

No último sábado (30), Giovanna Ewbank se revoltou e partiu para cima de uma mulher após ela cometer crime de racismo contra Titi e Bless, os filhos da apresentadora com o ator Bruno Gagliasso. O caso aconteceu no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal.

A artista e os pequenos estavam acompanhados de Bruno Gagliasso, quando a individua teria passado e xingado não só os filhos do artista, mas também uma família de turistas angolanos que estavam no local. Segundo informações divulgadas pela assessoria dos atores, aos gritos a mulher dizia para eles saírem do restaurante e voltarem para a África, entre outras ofensas como “pretos imundos”.

Nas gravações compartilhadas na web, é possível ouvir Gio chamando a mulher de “racista nojenta”. “Horrorosa. Olha para sua cara. Você merece um soco, uma porrada em sua cara”, declara a atriz diante das agressões. 

Após o episódio, a agressora foi levada escoltada e presa. Porém, segundo o jornal português Público, ela foi solta após a polícia alegar alcoolismo.

De acordo com a assessoria, os atores irão prestar queixa contra a mulher formalmente na delegacia portuguesa.

Informações do Jetss