Maíra Cardi é condenada a pagar multa de R$ 50 mil por xingar médico

Um nutrólogo processou a coach de emagrecimento Maíra Cardi por danos morais após ser xingado pela influenciadora nas redes sociais. Agora, a famosa terá que desembolsar cerca de R$ 50 mil para indenizar o médico.

Tudo começou quando Maíra revelou segredos da sua alimentação. Ela comentou que realiza longos jejuns e utiliza estratégias rigorosas na dieta. O nutrólogo Bruno Cosme criticou os conselhos que a influenciadora postava para milhares de seguidores, chamando a atitude de “irresponsável”.

A musa fitness não gostou dos comentários de Bruno e começou a insulta-lo pelas redes sociais. Mais tarde, a defesa tentou alegar que não havia provas de que os xingamentos eram direcionados para o homem, mas a sentença dispensou a citação do sobrenome.

O Tribunal de Justiça de Paraíba (TJPB) condenou a famosa a pagar uma multa de R$ 50 mil por danos morais. Em outra ocasião, Maíra já foi condenada por difamação, injúria e ameaça em outubro, com penalização no valor de R$ 24,2 mil.