Morre atriz Camila Amado, aos 82 anos

A atriz e diretora teatral Camila de Hollanda Amado, morreu neste domingo (6), no Rio de Janeiro, aos 82 anos de idade, em decorrência de um câncer. A atriz será cremada nesta segunda-feira (7) e o velório será fechado para família e amigos.

Camila era filha da educadora Henriette Amado com Gilson Amado, fundador da antiga TV Educativa, hoje TV Brasil. Dedicada ao teatro, estão entre seus maiores sucessos a comédia “As Desgraças de uma Criança”, o clássico romântico “A Dama das Camélias e a tragédia Hamlet”.

A atriz estreou no cinema nos anos 70. Sua interpretação no filme “O Casamento”, baseado na obra de Nelson Rodrigues, dirigido pelo cineasta Arnaldo Jabor em 1976, deu à Camila o Kikito de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante e o Prêmio Especial do Júri, no Festival de Gramado. Seu último filme foi “De Perto ela Não É Normal”, de Suzi Pires, em 2020.

Carioca, Camila começou a atuar na televisão em 1969, na novela “Um Gosto Amargo de Festa”, da TV Tupi. Seu último trabalho na televisão foi em “Éramos Seis”, em agosto de 2019, na TV Globo. Ela atuou ainda em produções como “Tapas & Beijos”, “A Casa das Sete Mulheres”, “Sítio do Pica-pau Amarelo” e “Cordel Encantado”. Em 2013, Camilla foi a homenageada da 10ª edição do Festa Internacional de Teatro de Angra (Fita).

Vários artistas homenagearam a atriz pelas redes sociais. O ator Lucio Mauro Filho publicou: “Professora de tantas gerações de atores, foi sempre um norte para nós. Eu tive a sorte de conhecê-la e ser incentivado por ela ainda criança, no balcão do Bar Antonio’s. Feliz de um país que tem uma artista como Camila”.

A atriz Alinne Moraes também prestou sua homenagem: “Descanse em paz Camila, minha mestra de tantos anos, me ensinou a ler um texto, me pegou pelas mãos e me transformou atriz”.

Informações do SBT News