Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Caixa Cultural traz a Curitiba o samba do grupo Sampri

(Foto: Divulgação) - Caixa Cultural traz a Curitiba o samba do grupo Sampri
(Foto: Divulgação)

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, dentro do projeto Samba de Bamba, a música envolvente do Grupo Sampri. Distante do berço do samba, o grupo tem origem no Mato Grosso do Sul. Formado pelas irmãs Magally, Luciana e Renata, o Sampri será acompanhado, neste espetáculo, por dois percussionistas. As três artistas vão mostrar ao público curitibano um repertório voltado para o samba de partido alto, interpretando clássicos de Nelson Cavaquinho, Cartola, Candeia, Noel Rosa, Zé Keti e Dorival Caymmi, ao lado de compositores contemporâneos como Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e João Nogueira, entre outros.

O grupo Sampri formou-se de maneira inusitada, em 2002, no fundo do quintal da casa do avô paterno das cantoras e instrumentistas. Durante uma roda de samba, as três irmãs – nascidas em Campo Grande – começaram a batucar e a cantar. Perceberam ali que estavam prontas para tocar e cantar juntas e decidiram montar um grupo. Magally, a mais velha, toca cavaquinho; Luciana, a irmã do meio, aprendeu a tocar pandeiro; e Renata, a caçula do grupo, tomou para si a função de violonista.

As três irmãs mostram muita habilidade, harmonia e simpatia, além de terem consciência de que o samba deve ser interpretado com respeito, dedicação e humildade para reverenciar, com a devida cadência, os grandes mestres. Após anos de trabalho e estudo para aperfeiçoar o repertório e a interpretação de cada canção, o Grupo Sampri conquistou seu próprio espaço na música brasileira, destacando-se pela afinação perfeita, interpretação e sensibilidade.

“A ideia do show em Curitiba é fazer releituras dos grandes sambas”, afirma Renata. O repertório é amplo e contempla as diversas fases do samba ao longo das décadas. A paixão pelo gênero levou as irmãs a pesquisar e estudar para melhor conhecer a história do samba. “Conhecer o cenário histórico da época nos faz entender com mais propriedade o que o compositor queria dizer”, considera Luciana. “E, no final, é uma satisfação para nós ver e ouvir os jovens cantarem os grandes sambas da nossa terra. Essa é a nossa maior alegria”, finaliza Magally com o carisma que caracteriza o Grupo Sampri.

Serviço

Música: Projeto Samba de Bamba – Grupo Sampri

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 03 de outubro, terça-feira

Horário: 20 horas

Ingressos: vendas a partir de 30 de setembro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia - conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado das 12h às 20h; e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)