Devido ao aumento de casos de covid-19, 39ª Oficina de Música de Curitiba é adiada

Em razão do aumento de casos de covid-19 na última semana, a Prefeitura de Curitiba e a Fundação Cultural decidiram adiar a 39ª Oficina de Música, inicialmente programada para acontecer de 16 a 30 de janeiro na capital. Uma nova data será definida assim que o cenário epidemiológico permitir. 

A Fundação Cultural de Curitiba (FCC) explica que a edição da Oficina de Música de Curitiba para 2022 foi planejada em um cenário anterior à chegada da variante ômicron. Nesse momento, o quadro era mais positivo e favorável à realização do evento, prevendo a realização de aproximadamente 200 ações espalhadas pela cidade, entre concertos, shows, espetáculos, aulas, exibição de filmes, e outras programações em teatros, igrejas e ao ar livre como parques e praças. 

Outra razão para o adiamento é a de que, nos últimos dias, alguns artistas convidados relataram ter apresentando sintomas de covid-19, ou tiveram contato com pessoas positivadas. 

A logística de transporte aéreo necessário para o deslocamento de uma parte dos músicos da Oficina também é uma incerteza do momento, já que companhias estão cancelando ou adiando voos. 

Artistas locais 

A FCC também informou que vai planejar um novo formato do evento, ainda no decorrer deste ano caso o cenário da pandemia permita, para contemplar especialmente os artistas locais convidados para a 39ª Oficina. 

Os valores das inscrições para os cursos de música pagos pelos alunos serão restituídos pela organização da Oficina.

Informações da Prefeitura de Curitiba