Final do Festival ‘É no Choro que eu Vou’ acontece nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (29) acontece o encerramento da 7ª edição do festival “É no Choro que eu Vou”, um evento de choro que começou no dia 20 de abril, em Curitiba.

O último dia da atividade é marcado pela Final da Mostra de Composições 2022, com apresentação das músicas e escolha do vencedor da Mostra. Nove artistas de Curitiba e do Brasil vão apresentar composições inéditas feitas nos últimos dois anos.

Os concorrentes são: Bernardo Diniz, Cláudio Menandro, Fábio Lyra e Ivan Rafael, Fernando Leitzke, Leandro Tigrão, Lucas Arantes e Léo Máximo, Natália Livramento, Vitor Casagrande.

Após as apresentações, um júri vai escolher a melhor composição. O anfitrião da noite será o músico curitibano Julião Boêmio.

Nos 10 dias de evento, artistas do gênero musical se reuniram para dezenas shows e rodas de choro, lançamento de disco, atividades didáticas, debates, oficinas, concurso de novos compositores e um bazar de economia criativa ligado a música e a cultura.

Neste ano, o festival homenageou os 80 anos do “chorão” Paulinho da Viola.

Programação da final do Festival “É No Choro Que Eu Vou”:

12 horas: Lançamento virtual do livro de partituras da MOSTRA DE COMPOSIÇÕES 2021.

18 horas: Bazar + Roda de Choro- Regional È NO CHORO QUE EU VOU

20 horas: FINAL DA MOSTRA DE COMPOSIÇÕES com Bernardo Diniz, Cláudio Menandro, Fábio Lyra e Ivan Rafael, Fernando Leitzke, Leandro Tigrão, Lucas Arantes e Léo Máximo, Natália Livramento, Vitor Casagrande.

Apresentação: Julião Boêmio

Local: Centro Cultural Sistema FIEP – Unidade Dr. Celso Charuri (R. Paula Gomes, 270-São Francisco).

Entrada: 1 Kg de alimento não perecível ou produtos de higiene pessoal.

20 horas: Choro Cruzado convida Renan Bragatto. Local: Folia (Av. Jaime Reis, 320 – São Francisco). Entrada: Livre