Gusttavo Lima chora durante desabafo: “Nunca me aproveitei de dinheiro público”

O cantor Gusttavo Lima se pronunciou sobre a polêmica envolvendo um show na cidade de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais. Ele fez uma live na noite desta segunda-feira (30) onde desabafou.

Na transmissão ao vivo, o sertanejo falou que “não compactua com dinheiro público”. “Tudo que eu tenho, vocês podem ter certeza, saiu daqui, ó, da minha garganta. Tudo que eu tenho foi trabalhado e conquistado com muito suor, muitas noites“, disse.

O show do cantor foi cancelado após a repercussão do valor do show: R$ 1,2 milhão. Gusttavo Lima se apresentaria em 20 de junho, na 30ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos.

Em Roraima, o Ministério Público do estado está investigando o contrato de um show do cantor no valor de R$ 800 mil no município de São Luiz, que possui apenas 8 mil habitantes. O MP-RJ também irá investigar a contratação de Gusttavo Lima para um show em Magé. O cachê do sertanejo para o evento, que será em 8 de junho, foi de R$ 1.004.000,00 (um milhão e quatro mil reais).

Entenda a “CPI dos sertanejos”

Shows de diversos cantores sertanejos tornaram-se alvo de investigação dos Ministérios Públicos estaduais após o cantor Zé Neto criticar Anitta em um show em Sorriso (MT). No palco do evento, Zé Neto criticou a funkeira, sem citá-la diretamente, por uma tatuagem nas partes íntimas, além de dizer que ela dependia da Lei Rouanet, que garante incentivo à cultura.

Após isso, fãs da cantora expuseram o sertanejo nas redes sociais. Dentre as pesquisas, os seguidores de Anitta encontraram diversos shows com verbas de prefeituras, inclusive o de Sorriso, que custou R$ 400 mil.

Informações do Fofocalizando.