Seis museus de Curitiba que você não pode deixar de visitar

Curitiba é conhecida como uma cidade com muitas opções de atividades culturais. São mais de 75 museus para visitar por aqui. Entre os mais populares estão o Museu Oscar Niemeyer (MON), o Museu Paranaense e o Museu de Arte Contemporânea, que reúnem as mais diversas coleções artísticas, mas não para por aí! 

A Prefeitura fez uma lista de seis museus diferentes para quem quer fugir do convencional e ter novas experiências. 

Museu de História Natural

O Museu de História Natural é o lar de uma das maiores coleções de fauna e flora do Brasil. O espaço é o lar do Instituto de História Natural (IHN) e possui um acervo com diversas coleções científicas de insetos, peixes, mamíferos, répteis, anfíbios, entre outros animais.

Em mais de seus 36.000 m², o Museu de História Natural apresenta aos curitibanos as exposições Ecossistemas Brasileiros, que dá destaque para a fauna e flora brasileira e Caminho das Araucárias, que evidencia a mata atlântica ao redor do museu, além de coleções zoológicas, laboratórios de pesquisas, biblioteca e o Bosque Capão da Imbuia.

  • Todos os dias, das 9h às 16h45
  • R. Prof. Benedito Conceição, 407 – Capão da Imbuia, Curitiba. 
  • (41) 3313-5481
  • Entrada gratuita 

Museu Egípcio e Rosacruz -Tutankhamon

Inaugurado em 2014 pela Ordem Rosacruz, o Museu Egípcio e Rosacruz – Tutankhamon

resgata a cultura do Egito antigo e possui um acervo com réplicas de artefatos arqueológicos e a múmia de uma mulher egípcia, apelidada de Tothmea.

O local possui três espaços: o Museu Egípcio, onde é possível encontrar reproduções de objetos do Egito antigo; o Complexo Luxor, ambiente externo com réplicas de estátuas; e o Museu Tutankhamon, que contém reproduções dos tesouros encontrados na tumba do antigo faraó. 

  • De terça a sexta, das 10h às 17h30. Sábados, domingos e feriados das 10h às 17h
  • R. Nicarágua, 2641 – Bacacheri
  • (41) 3351-3024
  • Os ingressos custam entre R$5,00 e R$34,00.

Museu de Arte Indígena

O primeiro museu particular do Brasil dedicado à produção artística indígena brasileira, o Museu de Arte Indígena é fruto da pesquisa de Julianna Podolan Martins. Dividido em dois ambientes, que representam o ar e a terra, o espaço conta com 700 m² e mais de 1500 itens indígenas que vão desde o vestuário até objetos ritualísticos e cotidianos.

  • De segunda a sexta, das 10h às 17h30. 
  • Av. Água Verde, 1413 – Água Verde
  • (41) 3121-2395 
  • R$ 24,00 a inteira e R$ 12,00 a meia entrada.

Museu do Holocausto

O primeiro do Brasil voltado a relembrar as vítimas do Holocausto e lutar conta a intolerância, o ódio e o preconceito, o Museu do Holocausto foi inaugurado em 2011. O acervo do museu conta com documentos, fotos, objetos pessoais relacionados às vítimas, além de depoimentos de sobreviventes.  

  • De segunda a quarta das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30. Sexta das 8h30 às 11h30. Domingo das 9h às 12h. 
  • Agostinho Macedo, 248 – Bom Retiro
  • (41) 3093-7461
  • Entrada gratuita com agendamento pelo site do museu.
  • A visita é permitida para maiores de 12 anos e não são permitidas fotos no interior.

Museu da Fotografia

Inaugurado em 1998, o Museu da Fotografia foi o primeiro dedicado à arte fotográfica no Brasil. O acervo do museu possui quase 1500 fotografias, sendo uma das maiores coleções de fotografias contemporâneas brasileiras com obras dos fotógrafos Claudia Andujar, Bóris Kossoy, Miguel Rio Branco, Vilma Slomp e Sebastião Salgado. 

Além de manter exposições permanentes e rotativas criadas a partir de seu acervo, o museu também abriga mostras de artistas nacionais e internacionais. Um destaque é a exposição A Mulher na Fotografia Brasileira, que conta com 65 obras de 30 fotógrafas.

  • De terça a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sábados e domingos das 12h às 18h
  • R. Presidente Carlos Cavalcanti, 533, Solar do Barão – Centro
  • (41) 3321-3260
  • Entrada gratuita

Museu do Automóvel

Funcionando desde 1976, o Museu do Automóvel foi criado pelo Clube de Automóveis e Antiguidades Mecânicas do Paraná (CAAMP) para reunir em um só local os amantes de automóveis e promover a preservação das obras em quatro rodas. 

O acervo dos sócios do CAAMP conta com cerca de 150 veículos antigos que se alternam nas 70 vagas expositivas do museu. A exposição é realizada em três categorias: Vintage, Nacionais e de Corrida.

  • De terça a sexta das 13h30 às 16h45. Sábado, domingo e feriados das 10h às 12h e das 13h30 às 17h45.
  • Av. Cândido Hartmann, 2300, Parque Barigui – Mercês 
  • (41) 3335-1440
  • Entrada gratuita