Sextou com MishMash! Veja a programação de hoje para o Festival de Curitiba

Faltando apenas três dias para finalizar o Festival de Curitiba, nesta sexta (8) terão novas estreias, sendo uma delas o ‘MishMash’ e o retorno de ‘Cão Vadio’.

Veja a seguir a programação desta sexta (8):

MishMash – Artes Circenses

Foto: Divulgação

Mostra de variedades artísticas e performáticas que diverte famílias inteiras com números de malabarismo, mágica, mímicas, circo, palhaçaria, música, entre outras vertentes.

Atrações:

  • Rafael Barreiros – Palhaço Alípio;
  • Milene Dias – Palhaça Sombrinha;
  • Lauro Monteiro – Mr Lauro;
  • Ricardo Thomé – Circense;
  • Beatriz Evrard – Roda Cyr;
  • Aipim & Lemuel – Perna de Pau acrobática;
  • Chacovachi – Palhaço;
  • Maku Fanchulini – Palhaça;
  • Dominique e Zeca Padilha – Parada de mão e arco e flecha com pés;
  • William Seven – Mágico;
  • Marina Prado – Acrobacia na Bike aérea;
  • Fábio Salgueiro – equilíbrio;
  • Cia Mahallo – Recepção e interação de trupe circense;
  • Banda MishMash.

Informações:

  • Local: Live Curitiba
  • Horário: 20h30
  • Ingresso: R$50 Inteira e R$25 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: Livre
  • Duração: 120 minutos

Abjeto, Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos – Teatro

Foto: Leekyung Kim

Muitos anos após declinar do convite de Fauzi Arap para criar um espetáculo com textos da maior escritora brasileira, a atriz e diretora Denise Stoklos promove o encontro do teatro essencial com a obra clariciana. O resultado é uma investigação radical a respeito de como o corpo, a voz e a emoção da intérprete expressam uma palavra literária empenhada em dizer o que a todo momento beira o indizível. Canções de Elis Regina pontuam de tempos em tempos o percurso que vai da negação à constituição do sujeito.

Informações:

  • Local: SESC da esquina
  • Horário: 21h (esgotado)
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 75 minutos

Aurora – Drama

Foto: Andre Stefano

Um pequeno prédio de quatro andares, na Rua Aurora, com oito apartamentos, quase todos ocupados, com exceção de um deles, fechado há muito tempo, sobre o qual ronda uma aura de mistério. No térreo, onde no passado funcionou um famoso ateliê de roupas elegantes, hoje funciona um bar gay decadente, mas muito frequentado. É nesse cenário que se cruzam as histórias de Mãe, Acácio, Saltério, Bola, Diega, Justyna e Ordálio.

Informações:

  • Local: Teatro José Maria Santos
  • Horário: 21h
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 85 minutos

Marcio Juliano Outro Samba

Foto: Divulgação

Estreia Nacional!

Informações:

  • Local: Campo Das Artes
  • Horário: 20h
  • Ingresso: Entrada Gratuita

Cão Vadio – Contemporâneo

Foto: Divulgação

Obra que parte de uma pesquisa sobre o realismo fantástico presente na literatura latino-americana e a linguagem de cabaré. A peça intercala números e cenas, entre personagens que se encontram na borda do mundo, um lugar para onde alguns fogem, alguns se escondem, alguns foram levados à força ou carregados pelo vento do deserto. É nesse lugar onde conhecemos as histórias contadas pelos habitantes do território a que chamamos Cão Vadio.

Informações:

  • Local: Ave Lola ao Ar Livre – Teatro da Tenda
  • Horário: 19h
  • Ingresso: Pague o quanto vale
  • Classificação: 16 anos
  • Duração: 105 minutos

Ensine-me a Fazer Arte

Foto: Heitor Muniz

Durante dois anos, a performer Tania Alice percorreu quatro continentes com uma mochila e um cartaz, perguntando para os habitantes dos mais diversos lugares: “O que você acha que um artista deve fazer hoje?”. Em cena, ela realiza uma seleção das respostas dadas por pessoas das mais diversas nacionalidades, idades e profissões, incluindo as respostas do local onde o espetáculo é realizado. O espetáculo, que conta com a participação de Gilson Motta, se configura como uma construção coletiva que evidencia as expectativas dos diferentes públicos em relação ao papel do artista na sociedade hoje.
O projeto foi desenvolvido por Tania Alice durante um ano de pesquisa de Pós-Doutorado na Université d’Aix-Marseille e na FAIAR (Escola Superior de Formação de Artistas em Espaços Urbanos). A dramaturgia do espetáculo foi elaborada durante uma residência artística no Corridor – Espaço de Criação e Produção Contemporânea na Bélgica. O espetáculo estreou na abertura da Biennale des Écritures du Réel, realizada pelo Théâtre de la Cité, em Marseille, França, em 2018.
O projeto como um todo, (performance e espetáculo), já circulou pela Europa, Ásia e África e foi apresentado no Brasil no Festival de São José dos Campos (11/2018). Atualizado durante uma residência na Usina da Alegria Planetária (08/2019), foi apresentado no Teatro da Aliança Francesa de Botafogo no Rio de Janeiro (10/2019) e está programado para uma temporada no SESC Copacabana em março de 2022.

Informações:

  • Local: Praça Generoso Marquês – Teatro Biblioteca Pública do Paraná
  • Horário: 19h
  • Ingresso: Entrada Gratuita
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 90 minutos