Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band

O apresentador José Luiz Datena está sendo acusado de assédio sexual por Bruna Drews, ex-repórter do Brasil Urgente, da Band.

Em entrevista ao Fofocalizando, do SBT, na tarde desta sexta-feira, 18, Bruna confirmou denúncias envolvendo o apresentador que foram publicadas pelo site Notícias da TV, afirmando que o fato teria ocorrido por volta do meio do ano passado.

Segundo as acusações, em uma confraternização com a equipe em um restaurante, Datena teria dito frases como "já bati muita p*** pra você, você nem imagina o quanto" e "é um desperdício você namorar uma mulher, não deve ter conhecido o homem certo".

Posteriormente, o apresentador negou as acusações, afirmando que trata-se de "calúnia" e alegando que a profissional sofreria de problemas psicológicos.

"Ele falou muito que estou delirando, que estou doente, mas eu confirmo todas as informações de assédio que foram publicadas", afirmou Bruna.

Bruna também ressaltou alguns momentos que ocorriam durante suas participações no Brasil Urgente, em que o apresentador falava sobre sua beleza durante as reportagens.

"Já me sentia muito constrangida com o assédio que sofria no ar. Era nítido meu constrangimento, sabe? Meus pais ficavam envergonhados. Mas eu precisava do salário, pagava coisas pros meus pais, tinha que sustentar uma casa, então eu aguentava."

"Quando aconteceu o assédio real, frente a frente, num restaurante, aí eu decidi mesmo que devia procurar a Justiça e denunciar. Procurei um advogado logo depois que esse assédio foi feito."

Em seguida, a repórter explicou o motivo de ter esperado meses para realizar a denúncia: "Eles pediram pra segurar um pouco pra gente fundamentar toda a nossa história. O prazo pra gente divulgar o assédio é de seis meses. A gente esperou até o último momento pra que a gente fundamentasse a história, tivesse testemunhas."

Bruna afirma que enviou uma carta à Band comunicando a Band sobre o assédio, mas ficou decepcionada com a postura da emissora. Como resposta, teria recebido a sugestão: "Fica em casa um tempo, descansa."

"Ouvi frases de funcionários da Band, superiores, inclusive, falando: 'Isso é típico do Datena. Ele faz isso com quem ele gosta'. Espero que ele seja punido e que a verdade seja mostrada. Alguém precisa parar esse homem, e espero que eu seja essa pessoa. "

"Já desisti da minha carreira, exatamente por causa dele e por causa da Band. Tô bem destruída por dentro, não tenho mais esperança nenhuma em voltar à televisão, por isso que hoje tô abrindo o jogo", concluiu.

Após a repercussão do caso, Bruna usou seu Instagram para publicar uma mensagem.

"Estou do lado da verdade! Consciência limpa e tranquila! Faço isso por todas as mulheres que são obrigadas a passar por isso diariamente!", escreveu, ao lado das hashtags "Mexeu com uma, mexeu com todas" e "Ninguém solta a mão de ninguém".

O lado de Datena

"Isto é calúnia", afirmou Datena sobre as acusações em nota enviada ao Fofocalizando. O apresentador afirmou que Bruna possui problemas "psicológicos, problemas de família, pessoais e trabalho" e que a teria apoiado como faz com todos os profissionais com quem trabalha.

"Com boa parte da equipe presente, eu reiterei a ela que era bonita e competente e que não precisava emagrecer mais para trabalhar em TV. Preocupado com sua saúde, quanto às opções sic sexuais dela, eu respeito como sempre respeitei publicamente as opções sic de cada um. Dia depois, ela me procurou agradecendo meus conselhos."

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo