Último dia de Risorama com Thiago Ventura e a estreia de ‘Eu de Você’ com Denise Fraga

Esta terça (5) é o último dia de Risorama e de grandes espetáculos da Mostra Lúcia Camargo, como ‘Eu de Você’, ‘Quarto 19’ e ‘Pessoas Brutas’. O Festival de Curitiba vai até dia 10 de abril com diversos eventos e festivais de rua para assistir.

Veja a seguir a programação de terça (5):

Risorama

Foto: Divulgação

Line-up 05/04:

  • Diogo Portugal
  • Jhordan Matheus
  • Nando Viana
  • Niny Magalhães
  • Renato Albani
  • Thiago Ventura

Informações:

  • Local: Live Curitiba
  • Horário: 20:30 (esgotado) e 22:30
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 16 anos

Eu de Você – Comédia Dramática

Foto: Cacá Bernardes

A dramaturgia parte de uma delicada seleção de histórias reais e rompe as fronteiras entre palco e plateia, fato e ficção, vida e arte. A peça traz reflexões sobre o que nos mantém humanos num mundo em que as relações e os afetos ganham cada vez mais complexidade. No espetáculo, Denise Fraga é acompanhada ao vivo pelas musicistas Ana Rodrigues, Clara Bastos e Priscila Brigante.

Informações:

  • Local:Guairão
  • Horário: 21h
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 12 anos
  • Duração: 90 minutos

Pessoas Brutas – Drama

Foto: Andre Stefano

A partir do sequestro da filha de um doleiro denunciado no ‘esquema da rachadinha’, os destinos de vários personagens anônimos de São Paulo se cruzam em uma teia de relações violentas em que buscam desesperadamente figuras heroicas para dar sentido às suas vidas desesperançadas.

Informações:

  • Local: Teatro José Maria Santos
  • Horário: 21h
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 80 minutos

Quarto 19 – Drama

Foto: Cris Lyra

A peça conta a história de uma mulher de classe média que vive o que se conhece como uma vida perfeita: tem um marido bonito e amoroso, três lindos filhos, uma bela casa e estabilidade material. Após anos sem trabalhar fora, para se dedicar à criação dos filhos, ela espera o mais novo entrara para a escola, para finalmente voltar a ter algum tempo para si. Quando isso acontece, ela não encontra dentro de si a liberdade que buscava. Numa tentativa de se livrar da irritação doméstica e do intenso ritmo familiar, ela decide alugar um quarto de hotel no centro da cidade, o quarto 19.

Informações:

  • Local: SESC da esquina
  • Horário: 21h
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: 16 anos
  • Duração: 75 minutos

Till – A Saga de um Herói Torto – Tragicomédia

Foto: Guto Muniz

O Demônio apostou com Deus que se tirasse todas as qualidades do homem, ele cairia em perdição. Foi assim que Till veio ao mundo. Vivendo na Alemanha miserável em meio ao frio e à fome, Till, o típico anti-herói, descobre que para sobreviver precisará se tornar ainda mais esperto e enganador que os personagens grotescos e espertalhões que o rodeiam. Além de Till, a peça conta também a história de três cegos andarilhos que buscam a salvação sonhando alcançar as torres de Jerusalém.

Informações:

  • Local: Teatro da Reitoria
  • Horário: 21h
  • Ingresso: R$80 Inteira e R$40 meia (com taxa de serviço)
  • Classificação: Livre
  • Duração: 90 minutos

Frankenstein – Marionetes

Foto: Divulgação

Essa aparente ficção oscila entre as margens confusas do divino e do carnal e pode transformar a existência humana em uma sentença longa, cruel e irreversível. Por isso, pense se você aguentará presenciar as terríveis imagens recriadas pela companhia Viajeinmóvil (Chile).

Informações:

  • Local: Ave Lola ao Ar Livre – Teatro da Tenda
  • Horário: 19h
  • Ingresso: Pague quanto vale
  • Classificação: 10 anos
  • Duração: 60 minutos

Bola de Fogo – Interlocuções

Foto: Divulgação

Performance que inaugura um novo momento da carreira de Fábio Osório Monteiro, que passa a atuar também como Baiana de acarajé. A obra busca relacionar o fato de Osório ser um artista atuante na cena contemporânea, tendo trabalhado com importantes artistas brasileiros e internacionais, e sua necessidade de subsistência diante da instabilidade dos tempos atuais.
Quebrar, inchar, transformar, bater, fritar e comer. A Bola de Fogo de Xangô e Yansã é a tentativa da vez. Em tempos onde o voto não vale, a cor da pele segrega, seu cu não diz respeito só a você e a passagem de ônibus não cabe no orçamento, é preciso alimentar a alma de resistência. Como disse um
famoso poeta: “resistir, re-existir, até ficar diferente”.

Informações:

  • Local: Praça Generoso Marquês
  • Horário: 16h
  • Ingresso: Troca de ingressos somente na bilheteria física do Shopping Mueller
  • Classificação: Livre
  • Duração: 45 minutos

Trava Bruta – Interlocuções

Foto: Divulgação

Trava Bruta é um manifesto que parte da experiência transexual da autora Leonarda Glück para propor uma ponte e um embate entre o contexto artístico e a conjuntura política e social brasileira atuais no que se refere ao campo da sexualidade. O texto é também uma espécie de vertiginoso poema cuja principal metáfora reúne o ato de bloquear e impedir a livre movimentação com a capacidade de brutalidade da natureza humana, sua violência e sua incivilidade. Como é experimentar um corpo que provoca um misto de repulsa e desejo a um só tempo? O que tem a cultura a ver com a transexualidade? Como é ser uma artista trans no Brasil de 2021? Resposta não há, mas ainda há a poesia. E, mesmo que alquebrado, ainda há o teatro.

Informações:

  • Local: Mini auditório do Guaíra
  • Horário: 19h
  • Ingresso: Gratuito – Troca de ingressos somente na bilheteria física do Shopping Mueller
  • Classificação: 18 anos
  • Duração: 70 minutos