Alemanha terá que rever planos após fiasco diante da Macedônia do Norte

DUISBURG, Alemanha, (Reuters) – O técnico da seleção da Alemanha, Joachim Loew, foi obrigado a rever seus planos para encontrar soluções rápidas antes da Eurocopa deste ano depois da derrota chocante de 2 x 1 em casa para a Macedônia do Norte em sua eliminatória da Copa do Mundo na quarta-feira.

Loew, que deixará o cargo depois de 15 anos ao final da Euro 2020, que começa em junho, imaginava que seus últimos seis meses seriam diferentes.

Ao invés disso, sua equipe foi responsável pela terceira derrota alemã em casa em uma eliminatória da Copa, e a primeira desde a surra de 5 x 1 para a Inglaterra em 2001, depois de derrotar a Islândia e conseguir uma vitória apertada sobre a Romênia nos dois primeiros jogos de seu grupo na semana passada.

A derrota para a Macedônia do Norte, a 65ª do ranking mundial, veio poucos meses depois da goleada de 6 x 0 da Espanha nos alemães, e só aumenta a pressão sobre Loew.

A Alemanha está em terceiro no Grupo J, empatada com 6 pontos com a segunda colocada Macedônia do Norte, mas atrás da líder Armênia com 9 pontos –só os vencedores dos grupos se classificam automaticamente.

“Reveremos tudo”, disse o treinador. “Temos que continuar trabalhando. Temos que encontrar nossa uniformidade.”

Mas isso é mais fácil falar do que fazer, e a seleção alemã só tem duas partidas de aquecimento, contra a Letônia e a Dinamarca, antes de a Euro começar.

(Por Karolos Grohmann; redação adicional de Zoran Milosavljevic em Belgrado)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3032U-VIEWIMAGE