Andrés relembra auge no Corinthians: “Fumavam no vestiário, bebiam e ganharam tudo”

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, relembrou o comportamento dos jogadores do Timão nos períodos vitoriosos do clube. Em entrevista ao podcast “Papagaio Falante”, no YouTube, o dirigente disse que os atletas eram “terríveis”.

“Jorge Henrique e André Santos eram imbatíveis, terríveis. Aquele time de 2009, 10, 11 e 12 era brincadeira. Os caras fumavam no vestiário, não todos, mas alguns, os jogadores bebiam toda hora, todo dia faziam churrasco e ganharam tudo”, afirmou Andrés.

“Eu não sou babá de jogador. Jogador que ganha R$ 300, 500, 1 milhão por mês, eu vou ver se o cara bebeu, se está na noite? O cara tem que chegar no horário do treino, treinar, e jogar bem. O que ele faz fora do clube é problema dele”, disse o dirigente.

O empresário e político brasileiro foi presidente do Corinthians entre outubro de 2007 a dezembro de 2011 e fevereiro de 2018 a janeiro de 2021. Em sua última passagem pelo clube, Andrés conquistou dois títulos paulistas, em 2018 e 2019, além de conseguir vender o nome da Arena.

Informações do SBT Sports.