António Oliveira assume responsabilidade por derrota para o Santos

Apesar da derrota de 2 a 1 para o Santos, nesta terça-feira (6), o técnico António Oliveira elogiou a aplicação, a postura e a entrega dos jogadores do Athletico. Após a partida, o treinador fez questão de assumir a responsabilidade pelo resultado.

“Tínhamos um plano de jogo, os jogadores lutaram, correram. Em alguns momentos falhamos sob o ponto de vista de algumas ações individuais que comprometeram. Mas o responsável fui eu que não fui capaz de instruí-los antes que acontecessem”, disse.

Segundo António Oliveira, não é a formação tática escolhida para a partida o que define os resultados e o time está adaptado a várias maneiras de atuar. “Nosso objetivo tático pode passar por um 3-4-3 ou 4-5-1. Mas depois ela tem grandes dinâmicas. Mas nós nos sentimos à vontade nas duas. Isto não é Football Manager, é futebol real. Em nenhum momento me arrependo das tomadas de decisões. Mas o resultado claramente não foi o resultado que buscávamos aqui na Vila”, ressaltou.

O treinador athleticano voltou a destacar a dedicação mostrada pelo elenco rubro-negro no dia a dia. “Todos falamos, temos uma opinião, mas a última decisão será sempre do treinador, que é minha. O único responsável desse resultado sou eu. Os jogadores diariamente trabalham como ninguém, se entregam com uma dedicação enorme ao clube, portanto se em algum momento tiverem que fazer alguma crítica, critiquem sempre a mim. Eu darei sempre a minha cara por eles”, afirmou.