Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Érika Miranda vai para repescagem e buscará o bronze no Mundial de Judô

(Foto: Reprodução/ Instagram)  - Érika Miranda vai para repescagem e buscará o bronze no Mundial
(Foto: Reprodução/ Instagram)

Medalhista nas últimas três edições do Mundial de Judô, Érika Miranda vai tentar o repetir o feito agora em Budapeste. Nesta terça-feira, ela avançou até as quartas de final da categoria até 57kg, fase em que acabou sendo derrotada. Ainda assim, poderá conquistar a medalha de bronze através da repescagem. Já Sarah Menezes (até 57kg) e Charles Chibana (até 66kg) foram eliminados.

Érika Miranda abriu a sua participação no Mundial de Budapeste com vitória por ippon sobre a australiana Tinka Easton. E também com um ippon, a brasileira derrotou a polonesa Agata Perenc. Nas quartas de final, foi a japonesa Natsumi Tsunoda quem aplicou o ippon, avançando às semifinais.

Já Érika Miranda foi para a repescagem. Agora a brasileira terá pela frente Distria Krasniqi, do Kosovo. E em caso de triunfo, disputará a medalha de bronze contra uma das judocas derrotadas nas semifinais da categoria até 57kg, ainda nesta terça-feira.

Também pela categoria até 52kg, Sarah Menezes começou o seu primeiro Mundial nesse peso com um triunfo por ippon sobre a alemã Nieke Nordmeyer. Na sequência, porém, levou um ippon da japonesa Ai Shishime e encerrou a sua participação em Budapeste.

Charles Chibana também não conseguiu ir muito longe. O brasileiro abriu a sua participação com vitória sobre o casaque Azamat Mukanov, medalhista de prata no Mundial de 2013. No entanto, na luta seguinte perdeu para o francês Kilian Le Blouch e deu adeus ao Mundial de Judô.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo