Athletico enfrenta o Grêmio sonhando com vaga na Libertadores

O desejo athleticano de chegar à Libertadores pela 8ª vez passa por uma vitória sobre o Grêmio em Porto Alegre. Depois da vitória do Santos sobre o Corinthians no jogo atrasado, agora faltando duas rodadas o Furacão precisa fazer a parte dele e esperar que o Peixe vacile.

“Importantes nós neste momento estamos a lutar ainda pela pela possibilidade de classificados para a Libertadores acho que é o lugar que o Athletico merece por aquilo que tem sido como clube, por aquilo que a equipe de futebol tem feito.” Afirmou Paulo Autuori, técnico do Athletico.

Athletico e Grêmio fazendo um jogo decisivo valendo muita coisa para os dois lados não é nenhuma novidade, pelo contrário já está virando até uma tradição: 

2004 e a tragédia de Erechim, foi decisiva para que o furacão não conquistasse o binacional, depois que fazer 3 a 0 sobre o frágil Grêmio que foi rebaixado naquele dia, o Athletico cedeu o empate nos minutos finais e a taça ficou mais longe.

Em 2013, na semifinal da Copa do Brasil, o rubro-negro venceu em Curitiba e garantiu a classificação segurando 0 a 0 em Porto Alegre.

Em 2016, foi o Grêmio que se deu bem em confronto da Copa do Brasil, o goleiro Weverton perdeu o pênalti para o Furacão, Paulo André bateu na trave e a era vitoriosa de Renato Gaúcho que dura até hoje, começava com o título daquela Copa e da Libertadores no ano seguinte. 

Em 2019, no caminho da taça da Copa do Brasil, o Athletico foi gigante para reverter uma vantagem Gaúcha de 2 a 0 na semifinal, eliminou o tricolor nos pênaltis e pavimentou o caminho para conquista.

Agora na temporada 2020 que só acaba em 2021, o Athlético quer voltar para a Libertadores e o Grêmio deseja a vaga direta no torneio internacional sem depender de ser campeão da Copa do Brasil, o time gaúcho vai enfrentar o Palmeiras na final da Copa logo após o Brasileirão. 

“Meu único plano é terminar esses dois jogos pelo Brasileiro ainda em busca da vaga direta para a Libertadores e trabalhar para buscar o título da Copa do Brasil, é isso que eu tenho na cabeça.” Afirmou Renato Portaluppi, técnico do Grêmio.

Para chegar no objetivo é preciso acreditar que em mais um confronto decisivo entre Athletico e Grêmio será o Furacão da Baixada, o vencedor.