Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Hamilton lidera 1º treino livre no Brasil e Verstappen é 2º; Massa fica em 8º

(Foto: Getty Images) - Hamilton lidera 1º treino livre no Brasil e Verstappen é 2º
(Foto: Getty Images)

Na luta para alcançar seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, e impedir que o Mundial de Fórmula 1 termine no GP do Brasil, Lewis Hamilton começou bem a sexta-feira ao liderar a primeira sessão de treinos livres da prova que será realizada neste domingo no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Com pneus macios, o piloto inglês cravou o tempo de 1min11s895 para ficar com a primeira posição, sendo que o jovem holandês Max Verstappen, da Red Bull, surpreendeu ao superar Rosberg e terminar a manhã em segundo lugar ao cronometrar 1min11s991 em sua melhor volta.

Líder do Mundial, com 19 pontos de vantagem para Hamilton, Rosberg fechou este primeiro treino em terceiro ao marcar 1min12s125 e ficou logo à frente do australiano Daniel Ricciardo, que garantiu o quarto melhor tempo ao percorrer a melhor das 27 voltas que deu em 1min12s371.

Outro destaque deste primeiro treino livre em Interlagos foi o finlandês Valtteri Bottas, da Williams, que obteve o quinto lugar ao cravar 1min13s129. O seu tempo, porém, foi muito mais lento do que o de Ricciardo.

Já Felipe Massa, que conhece muito bem a pista brasileira, assegurou a oitava colocação com o tempo de 1min13s318 com sua Williams. Os dois pilotos do time inglês ficaram entre a dupla da Force India, com o mexicano Sergio Pérez e o alemão Nico Hülkenberg conquistando respectivamente a sexta e a sétima posições. O primeiro cravou 1min13s289 e superou por muito pouco o companheiro de equipe, que cronometrou 1min13s293.

Massa, por sua vez, já começou a receber homenagens nesta que será a sua última participação no GP do Brasil, pois ao final desta temporada ele irá se aposentar da F-1. A Williams estampou o sobrenome do piloto no lugar do principal patrocinador da equipe, que cedeu espaço para a reverência ao brasileiro que já venceu por duas vezes em Interlagos, em 2006 e 2008.

NASR - Já Felipe Nasr foi para a pista com a sua Sauber exibindo um capacete com pintura especialmente feita para o GP do Brasil, trazendo a bandeira nacional para contrastar com o vermelho predominante do equipamento de segurança.

Ainda sem saber se poderá seguir no grid da F1 em 2017, pois não terá eu contrato renovado pela Sauber, Nasr fechou esse primeiro treino na 16ª posição, que pode ser considerada boa pelas limitações de seu carro nesta temporada. Entretanto, este treino contou com a participação de uma série de pilotos reservas, entre eles o russo Sergey Sirtokin ocupando o lugar do titular Kevin Magnussen na Renault e o monegasco Charles Leclerc substituindo o mexicano Esteban Gutiérrez na Haas.

FERRARI FECHA TOP 10 - A Ferrari esteve longe de andar entre os primeiros colocados neste treino inicial de sexta-feira e viu o alemão Sebastian Vettel (1min13s567) e o finlandês Kimi Raikkonen (1min13s569) fecharem o Top 10 com a conquista das respectivas nona e décima posições.

E as quatro colocações seguintes também vieram com dobradinhas de pilotos da mesma equipe, com o espanhol Carlos Sainz Jr (11º) e o russo Daniil Kvyat (12º) pela Toro Rosso seguidos pelo inglês Jenson Button (13º) e o espanhol Fernando Alonso (14º), da McLaren.

A primeira atividade de pista do GP do Brasil foi realizada sob tempo quente e sol no circuito de Interlagos, onde a temperatura do asfalto chegou a 43ºC e vários pilotos, entre eles o francês Romain Grosjean, da Haas, testaram o halo, novo equipamento de segurança que serve para proteger o cockpit.

Pilotos mostraram certa dificuldade diante das novas "lavadeiras" do circuito. Mais altas, elas deram trabalho na curva 2, no S do Senna, no Pinheirinho e no Bico do Pato.

A segunda sessão de treinos livres do GP do Brasil começa às 14 horas desta sexta-feira, enquanto o último será às 11h deste sábado, quando o treino qualificatório para o grid será às 14h, mesmo horário da largada da corrida de domingo, quando ocorrerá a disputa da penúltima etapa deste Mundial de Fórmula 1.