Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Hamilton lidera 2º treino e volta a superar Rosberg em Abu Dabi; Massa é o 10º

A vantagem na liderança do Mundial de Fórmula 1 antes da última prova do campeonato é do alemão Nico Rosberg, mas quem levou a melhor no primeiro dia de treinos do GP de Abu Dabi foi Lewis Hamilton. Após abrir a sexta-feira na frente, o piloto inglês voltou a cravar o melhor tempo na segunda sessão livre para a corrida deste domingo, no circuito de Yas Marina, deixando mais uma vez o seu companheiro de Mercedes na segunda colocação nos Emirados Árabes Unidos.

Andando novamente com pneus ultramacios, Hamilton cravou o tempo de 1min40s861 na sua melhor volta para se garantir na liderança, mas desta vez viu Rosberg andar bem mais próximo dele do que no primeiro treino. O alemão veio logo atrás, com 1min40s940, e mostrou que a disputa pela pole no treino de classificação deste sábado, às 11 horas (de Brasília), será bastante acirrada.

Para ser campeão pela primeira vez na Fórmula 1, Rosberg precisa apenas de um terceiro lugar na prova de domingo, também marcada para começar às 11 horas, pois tem 12 pontos a mais do que Hamilton na classificação do campeonato. Entretanto, o inglês, tricampeão mundial, já começou a colocar pressão sobre o rival.

Já o alemão Sebastian Vettel, que havia sido o quinto colocado no primeiro treino do dia, terminou a sexta-feira em terceiro lugar ao cravar 1min41s130 com a sua Ferrari, deixando para trás o holandês Max Verstappen, quarto colocado com o tempo de 1min41s389.

O jovem piloto da Red Bull iniciou a sexta com um terceiro lugar antes de ser superado agora pelo tetracampeão mundial, mas ele voltou a ficar à frente do seu companheiro de equipe, o australiano Daniel Ricciardo, que também desceu uma posição em relação ao primeiro treino ao ficar em quinto com a marca de 1min41s390.

Também próximo de Ricciardo, o finlandês Kimi Raikkonen foi o sexto colocado com a sua Ferrari ao cravar 1min41s464. Assim, o campeão mundial de 2007 foi mais de meio segundo mais rápido do que o seu compatriota Valtteri Bottas, sétimo colocado com a sua Williams ao cronometrar 1min41s959.

Já Felipe Massa, que havia aberto o dia com um nono lugar, terminou a sexta em décimo ao percorrer a sua melhor volta em 1min42s268. O piloto da Williams, que encerra a sua carreira na Fórmula 1 neste final de semana em Abu Dabi, também foi superado neste segundo treino pela dupla da Force India formada pelo mexicano Sergio Pérez e pelo alemão Nico Hülkenberg, respectivos oitavo e nono colocados com os tempos de 1min42s041 e 1min42s264.

Outro que vive clima de despedida da F-1 neste final de semana, pois adiantou na quinta-feira que esta prova deverá ser a sua última na categoria, Jenson Button fechou o segundo treino livre em Abu Dabi em 12º lugar, com 1min42s823. O inglês da McLaren ficou logo atrás justamente do seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, que foi quase meio segundo mais rápido ao cravar 1min42s366.

NASR - O brasileiro Felipe Nasr, por sua vez, terminou este segundo treino apenas na 18ª posição, após ter aberto o dia com um razoável 13º lugar. Ele superou, ao menos, o seu companheiro de Sauber, o sueco Marcus Ericsson, que desta vez foi o 19º após um ótimo 10º lugar pela manhã.

Sem saber se poderá seguir no grid da F-1 em 2017, Nasr tenta mostrar serviço em Abu Dabi para aumentar as suas chances de se manter na elite da categoria, na qual somou os seus dois únicos pontos do Mundial deste ano há duas semanas, no GP do Brasil. Já Ericsson, também sofrendo com o limitado carro da Sauber, ainda não pontuou.