Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Massa se diz satisfeito com rendimento em primeiros treinos livres no Brasil

Felipe Massa começou bem o fim de semana do seu último GP do Brasil de Fórmula 1. Ciente das limitações da Williams, o piloto brasileiro ficou satisfeito com o rendimento apresentado nos dois primeiros treinos livres, nesta sexta-feira. Ele foi o sétimo mais veloz na sessão de abertura e o oitavo no segundo treino do dia, ambos realizados sob forte calor no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

"Treinamos dentro daquilo que a gente pode. Foi um dia bom, me senti bem no carro, na pista, com os pneus. É sempre bom pilotar em Interlagos, numa pista que a gente conhece há tanto tempo. Sem dúvida, foi um bom dia para a gente", avaliou o piloto da Williams.

Massa começa o fim de semana do GP com a meta de superar Force India, Renault e McLaren. E, no primeiro treino livre, ele deixou os seis carros para trás. No segundo, só não superou a Force India do francês Esteban Ocon. E foi por pouco: 1min10s373 contra 1min10s306, registrado pelo rival.

"Estamos na briga contra Renault, Force India e McLaren. São as equipes contra as quais estamos lutando nas últimas corridas. E, na verdade, eles têm um carro mais rápido que o nosso", disse o brasileiro, referindo-se aos dois primeiros times.

Com esta meta de superar as três equipes, Massa ficou satisfeito com o tempo bom em Interlagos. A previsão inicial era de chuva para esta sexta, mas o sol e o calor predominaram, com até 50 graus na pista. Para o piloto, a pista seca foi positiva porque é a mesma previsão para domingo, enquanto há expectativa de chuva para o sábado. A mudança no tempo deve atrapalhar o acerto nos carros em diferentes temperaturas.

"A expectativa hoje era mais em relação a domingo, porque a pista deve estar bem quente também, sem previsão de chuva. E amanhã, será o contrário, com pista fresca, com um pouco de chuva no meio. Temos que ficar espertos para amanhã (sábado) porque a posição de largada aqui é sempre importante", projetou o brasileiro.

Após deixar escapar o quarto lugar no Mundial de Construtores, a Williams espera ao menos garantir o quinto posto. O time britânico soma 76 pontos, contra 53 da Toro Rosso, 48 da Renault e 47 da Haas. Depois do GP do Brasil, a temporada será encerrada com o GP de Abu Dabi, no dia 26 deste mês.