Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Novato, Colton Herta vence a etapa de Austin da Fórmula Indy e faz história

- Colton Herta vence a etapa de Austin da Fórmula Indy e faz história

Na estreia da etapa de Austin na Fórmula Indy, um novato roubou a cena e venceu a segunda corrida da temporada de 2019. O norte-americano Colton Herta, da Harding, teve ousadia e sorte para pular de terceiro para primeiro lugar e se tornar, aos 18 anos, o piloto mais jovem a ganhar uma prova da categoria.

Filho do ex-piloto Bryan Herta, Colton, que já havia se destacado na pré-temporada, teve ajuda da bandeira amarela para triunfar. Depois de uma boa largada, o novato estava caminhando para beliscar um pódio, mas um incidente a 17 voltas do fim entre Felix Rosenqvist e James Hinchcliffe fez o piloto norte-americano superar os então líderes Will Power e Alexander Rossi, que tiveram de ir aos boxes, e pular para o primeiro lugar.

Após o final da bandeira amarela, Herta, beneficiado pelo abandono de Power, mostrou uma frieza monstruosa para um piloto de 18 anos, manteve a ponta e conquistou uma vitória histórica em Austin. Josef Newgarden, da Penske, vencedor na primeira corrida da temporada, em São Petersburgo, na Flórida, chegou em segundo e Ryan Hunter-Reay, da Andretti, fechou o pódio.

Com o resultado em Austin, Newgarden se manteve na liderança geral do campeonato, com 93 pontos, e Colton pulou para o segundo lugar, com 75.

Graham Rahal, até então o piloto mais jovem a vencer uma corrida da Indy ao conquistar o feito com 19 anos e três meses em 2008, chegou na quarta colocação. Sébastien Bourdais, outro que se beneficiou da bandeira amarela, foi o quinto. Marco Andretti foi o sexto; Takuma Sato, o sétimo; e Pato O'Ward, o oitavo. Alexander Rossi, atrapalhado pela bandeira amarela, chegou em nono e Jack Harvey completou o Top 10.

O brasileiro Tony Kanaan, que largou em 24.º e último, fez uma boa corrida de recuperação, segurou as investidas de Scott Dixon e terminou a prova em 12.º. Matheus Leist foi punido por um pit-stop fora de hora já na reta final e chegou em 17.º.

Os motores voltarão a roncar na Fórmula Indy apenas no final de semana do dia 5 de abril, quando acontece a etapa do Alabama, no autódromo Barber Motorsports Park, localizado na cidade de Birmingham.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo