Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Knicks força 4ª prorrogação e tem Carmelo com 45 pontos, mas perde para o Hawks

Em um jogo com nada menos do que quatro prorrogações, o Atlanta Hawks venceu o New York Knicks por 142 a 139, em casa, pela rodada deste domingo da NBA. E a equipe conquistou o triunfo mesmo com o adversário contando com 45 pontos marcados por Carmelo Anthony, que foi o cestinha do confronto.

O triunfo obtido de forma bastante sofrida fez o Hawks passar a contabilizar 28 vitórias em 48 jogos, retrospecto que o garantiu na quarta posição da Conferência Leste da liga de basquete dos Estados Unidos. Já o Knicks é apenas o 11º desta conferência, agora com 26 derrotas em 47 partidas.

Pelo lado do Hawks, destaque para a atuação decisiva de Paul Millsap, com 37 pontos, sendo que os dois últimos deles foram convertidos quando o placar estava empatado em 139 a 139 na quarta e última prorrogação. Para completar, ele ainda garantiu um "double-double" ao somar mais 19 rebotes no duelo.

No finalzinho deste quarto tempo extra, o Knicks chegou a ter a chance de forçar uma quinta prorrogação quando perdia por 142 a 139 e Courtney Lee arriscou um arremesso da linha dos três pontos a pouco menos de 8 segundos para o término do jogo. Porém, o autor de 17 pontos na partida acabou não tendo sucesso desta vez, pouco depois de provocar a quarta prorrogação ao acertar uma bola de três pontos no estouro do cronômetro no tempo extra anterior.

Para se ter uma ideia de como é raro o que ocorreu neste duelo no basquete e na própria NBA, essa foi a primeira vez que o Knicks disputou quatro prorrogações em um jogo desde 23 de janeiro de 1951, quando foi derrotado pelo Rochester, então equipe da liga norte-americana. Já o Hawks não jogava quatro tempos extras desde 25 de março de 2012, quando superou também no sufoco o Utah Jazz.

MAGIC SURPREENDE O RAPTORS - E, se o Hawks penou para bater o Knicks, o Orlando Magic surpreendeu ao vencer o Toronto Raptors por apenas um ponto (114 a 113), fora de casa, em outro duelo da rodada deste domingo da NBA.

Assim, a equipe canadense sofreu a sua 19ª derrota em 48 jogos, mas ocupa a boa terceira posição da Conferência Leste, na qual o Magic é apenas o 12º colocado, agora com 19 vitórias em 49 partidas.

O Raptors caiu em casa apesar da boa atuação de Kyle Lowry, cestinha da partida, com 33 pontos, além de ter contado com outros 22 contabilizados por Demar DeRozan. No final das contas, a equipe de Orlando triunfou com um bom desempenho coletivo do seu time, que teve como principal nome Nikola Vucevic, com um "double-double" de 25 pontos e dez rebotes.

Outro a garantir dois dígitos em dois fundamentos pela equipe visitante foi Elfrid Payton, com 11 pontos e dez assistências, enquanto o suplente do Magic D.J. Augustin também se destacou ao sair do banco de reservas e marcar 21 pontos.

CAVALIERS BATE O THUNDER - Em outro jogo de destaque da rodada deste domingo, o líder da Conferência Leste, Cleveland Cavaliers, fez valer com autoridade o fator quadra na Quicken Loans Arena ao bater o Oklahoma City Thunder por 107 a 91.

Foi o 32º triunfo em 46 partidas dos atuais campeões da NBA, enquanto o Thunder agora acumula 20 derrotas em 48 confrontos, retrospecto que o deixa na sexta posição do Oeste.

Os grandes nomes desta boa vitória do Cavaliers foram LeBron James e Kyrie Irving, sendo que o segundo deles brilhou como cestinha do jogo, com 29 pontos, e ainda fez dez assistências para garantir um "double-double". Já o principal astro da equipe exibiu força com 25 pontos e 14 rebotes.

Sem contar pela maior parte do tempo com Kevin Love, que se lesionou no início do duelo, o time da casa teve um terceiro jogador com dois dígitos em dois fundamentos: Tristan Thompson, com 19 pontos e 12 rebotes.

Assim, as atuações decisivas do trio ofuscaram Russell Westbrook, que acumulou o seu 24º "triple-double" na temporada ao marcar 20 pontos, pegar 12 rebotes e realizar dez assistências pelo Thunder.

WARRIORS TAMBÉM VENCE - Líder disparado da Conferência Oeste e ponteiro geral da NBA, o Golden State Warriors alcançou sua 41ª vitória em 48 jogos ao bater o Portland Trail Blazers por 113 a 111, fora de casa, em outro jogo da rodada deste domingo.

Mais uma vez sem utilizar o brasileiro Anderson Varejão, a equipe visitante foi impulsionada principalmente por Kevin Durant, cestinha da partida, com 33 pontos, sendo que o astro ainda contabilizou dez rebotes e seis assistências.

Já o Blazers, que passou a ter 28 derrotas em 49 jogos e ocupa a nona posição do Leste, contou com C.J. McCollum se destacando com 28 pontos.

Astro principal do Warriors, Stephen Curry acabou ficando fora deste duelo em Portland por causa de um problema estomacal. Foi o primeiro jogo em que ele se ausentou nesta temporada, um dia depois de ter dado um show no massacre por 144 a 98 sobre o Los Angeles Clippers, no sábado à noite, quando fez 43 pontos.

IRMÃO DE CURRY BRILHA - Em compensação, Curry teve como consolo para a sua ausência neste domingo o fato de que seu irmão mais novo, Seth Curry, foi decisivo para fazer o Dallas Mavericks surpreender o San Antonio Spurs com uma vitória por 105 a 101, fora de casa.

Ele marcou 24 pontos, a sua maior pontuação na carreira na NBA, e foi o cestinha da partida ao lado de Kawhi Leonard, do Spurs, que segue na vice-liderança do Oeste, agora com 11 derrotas em 47 jogos. Na mesma conferência, o Mavericks é apenas o antepenúltimo colocado, com 17 vitórias em 47 partidas.

Confira os resultados da rodada deste domingo na NBA:

Atlanta Hawks 142 x 139 New York Knicks

Cleveland Cavaliers 107 x 91 Oklahoma City Thunder

Indiana Pacers 120 x 101 Houston Rockets

New Orleans Pelicans 94 x 107 Washington Wizards

Toronto Raptors 113 x 114 Orlando Magic

Chicago Bulls 121 x 108 Philadelphia 76ers

San Antonio Spurs 101 x 105 Dallas Mavericks

Portland Trail Blazers 111 x 113 Golden State Warriors

Confira os jogos da rodada desta segunda-feira:

Philadelphia 76ers x Sacramento Kings

Chicago Bulls x Brooklyn Nets

Minnesota Timberwolves x Brooklyn Nets

Boston Celtics x Detroit Pistons

Dallas Mavericks x Cleveland Cavaliers

Phoenix Suns x Memphis Grizzlies