Mirando a final, Brasil volta a encarar o Canadá na Americup

O Brasil busca diante do Canadá uma vaga na grande decisão da AmeriCup, a Copa América de basquete masculino, a partir das 20h40 (horário de Brasília) deste sábado (10), na Arena Geraldão, em Recife.

E o adversário da equipe comandada pelo técnico Gustavo de Conti é justamente o seu primeiro desafiante na competição. “Agora, o primeiro jogo [contra o Canadá, que terminou com vitória brasileira] não conta mais nada. Claro que temos que pegar as coisas boas que fizemos naquele jogo e tentar fazer de novo, mas é uma situação totalmente diferente, uma situação de mata-mata. Assim, penso que o mais importante nesta situação é colocar o máximo de coração possível”, avalia o ala Léo Meindl.

E para sair novamente com um resultado positivo, o Brasil conta com o apoio da torcida de Recife, que, segundo o armador Yago, tem feito a diferença nas partidas: “A torcida tem nos apoiado muito, e nos dá força tanto nos momentos bons quanto nos ruins, para continuarmos jogando, lutando, para sair com a vitória no final”.

Um retrospecto que pode motivar ainda mais a seleção na busca do ouro é o fato de que a última vez em que sediou a competição, em 1984, o Brasil ficou com o título com uma equipe comandada por Oscar Schmidt.

Invicto, e com a melhor campanha na primeira fase da competição, o Brasil disputa a Americup em um ótimo momento, já tendo garantido a classificação para os Jogos Pan-Americanos de 2023, em Santiago (Chile).

Informações da Agência Brasil