Benjamin Mendy é transferido para prisão de segurança máxima

O lateral-esquerdo Benjamin Mendy foi transferido para uma prisão de segurança máxima na Inglaterra. A mudança de penitenciária do jogador francês ocorreu um dia depois de o atleta ser acusado de estupro pela sétima vez. Mendy está preso desde o mês de agosto.

A transferência de Benjamin Mendy ocorreu em 23 de dezembro. O lateral do Manchester City deixou a Prison Altcourse, uma prisão de gestão privada, em Liverpool, para permanecer detido na Strangeways, uma das penitenciárias mais sombrias na Inglaterra, localizada justamente em Manchester.

Comparada ao caso do sistema prisional do Brasil, a Strangeways pode ser considerada uma penitenciária de segurança máxima. Nela, os encarcerados permanecem presos 22h por dia, e o local mantém grande parte de criminosos cuja uma possível fuga é considerada perigosa para a sociedade.

Entretanto, o retorno à cidade dos Cityzens não deve ser algo positivo para Mendy, não só pela prisão em que está no momento. “Strangeways é uma das prisões mais difíceis do país. E ele terá problemas diante do número de torcedores do Manchester United que estão por lá. Eles vão gritar o seu nome por semanas para que ele não durma muito, especialmente porque é acusado de crimes sexuais. Há muitos torcedores do City também, mas, mesmo os mais ávidos, terão dificuldade em defender um suspeito de crimes sexuais”, afirmou uma fonte ao jornal The Sun.

O julgamento de Benjamin Mendy está marcado para o próximo dia 24. Ainda em prisão preventiva, o lateral francês teve negado um pedido de fiança. Mendy conquistou a Premier League por três vezes com a camisa do Manchester City, além de ter sido campeão da Copa do Mundo de 2018, pela França.

Informações do SBT Sports