Botafogo pede desculpa por xingamento machista contra bandeirinha

O Botafogo venceu o Brusque por 3 a 0, nesta quarta-feira (20), no Nilton Santos, em partida pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida, no entanto, reservou ainda um momento desegrádavel. Assistente no jogo, a bandeirinha Katiuscia Mendonça foi xingada por torcedores do Alvinegro. O Glorioso emitiu um pedido de desculpas e o entregou para a profissional.

A situação ocorreu na saída para o intervalo. Katiuscia Mendonça havia assinalado impedimento, poucos minutos antes, de um lance que poderia resultar em gol irregular da equipe mandante – portanto, a bandeirinha agiu corretamente. A profissional foi xingada de “piranha” por torcedores alvinegros quando se encaminhava aos vestiários do Nilton Santos.

Dirigentes do Botafogo tomaram conhecimento do momento desagradável logo na sequência. A diretoria do Glorioso resolveu agir com velocidade para tentar reparar a situação. Presidente do clube, Durcesio Mello formalizou o pedido de desculpas à Katiuscia.

“Katiuscia, o Botafogo acredita no seu trabalho e defende a equidade de gênero. Hoje, na partida, presenciamos episódios que não condizem com o propósito da instituição, com o que pregamos e defendemos. Estes não representam os nossos milhões de torcedores. 

Receba nosso carinho e pedido de desculpas. Continue o seu trabalho e conte com o Botafogo para o que precisar”, escreveu Durcesio Mello, mandatário do Alvinegro.

Com o triunfo conquistado, o Botafogo foi a 55 pontos na Série B – a equipe carioca tem dois a menos em relação ao líder Coritiba. O Glorioso tem cinco pontos de vantagem para o CRB, primeiro time fora do G4 da competição.

Informações do SBT Sports