Brasil vence a Polônia no primeiro amistoso de preparação visando o Pré-Olímpico

O Brasil começou com vitória a caminhada para o Pré-Olímpico de Split, na Croácia. Em amistoso diante da Polônia, o primeiro na fase de preparação, a Seleção Brasileira bateu os poloneses por 68 a 65, fazendo um primeiro tempo dominante, principalmente na defesa. O técnico Aleksandar Petrovic aproveitou o duelo para rodar 13 jogadores e esclarecer dúvidas para os cortes, já que dos 15 atletas, 12 irão participar da competição que vale uma vaga na Olimpíada de Tóquio 2020.

Jogando coletivamente, o Brasil deixou a Polônia fazer apenas cinco pontos nos primeiros dez minutos, abrindo 18 a 5. Depois, seguiu bem na defesa no segundo quarto. Os poloneses foram melhores nos dois últimos períodos, mas a vantagem aberta pelo Brasil foi suficiente para manter o triunfo na cidade de Gliwice, que recebe o Brasil na segunda etapa de treinamentos.

– Jogamos com uma Seleção que ficou em oitava no último Mundial, que vem crescendo muito e que já tinha cinco amistosos no caminho. Fizemos um bom jogo defensivo. Pude observar algumas situações de jogo, e pela primeira vez na carreira, que me lembre, rodei 13 jogadores em uma equipe. Então, para começo, foi muito bom. Gostei mesmo – disse Aleksandar Petrovic, técnico do Brasil.

Bruno Caboclo terminou o jogo com nove pontos e dez rebotes. Benite fez dez pontos. Georginho terminou com dez pontos e seis rebotes. E Léo Meindl fez dez pontos, com sete rebotes. Do lado da Polônia, Garbacz fez 21 pontos. E Sokolowski anotou outros 13. A Arena Gliwice contou com público, já que a situação da Covid-19 está controlada na Polônia, e 50% dos 14 mil lugares foram colocados à venda.

Se o Brasil fazia o seu primeiro amistoso após 12 dias de trabalho, a Polônia jogava o seu quinto. A equipe foi oitava colocada no último Mundial, na China, em 2019. Brasil e Polônia voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, novamente às 15h, com transmissão ao vivo da ESPN.

Após o segundo jogo contra a Polônia, o técnico Aleksandar Petrovic fará um corte na equipe, ficando com 14 atletas para a viagem para Split, na Croácia. Lá, após os protocolos da covid-19, mais dois jogadores serão cortados, chegando ao grupo de 12 que estreia na competição no dia 29.