Com show de Messi, Argentina vence o Equador e está na semifinal da Copa América

A Argentina venceu o Equador por 3 a 0, no Estádio Olímpico, em Goiânia, e garantiu a vaga na semifinal da Copa América. Mais uma vez, o craque Lionel Messi foi o grande nome da Albiceleste na partida, que ainda contou com Lautaro Martinez e Rodrigo de Paul para deixar o time de Scaloni a duas partidas do título.

Na próxima terça-feira, às 22h (horário local), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a Argentina enfrentará a Colômbia (que mais cedo bateu o Uruguai nos pênaltis) por uma vaga na grande final. Brasil e Peru fazem a outra semifinal, às 20h da próxima segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro.

A equipe de Lionel Scaloni, como era de se esperar, começou o encontro como protagonista e com absoluto domínio da bola. A primeira chance surgiu aos 14 minutos, quando Lautaro Martínez aproveitou cruzamento de Germán Pezzella, superou o goleiro Hernán Galíndez, mas não conseguiu passar por Iván Arboleda.

Pezzella cabeceou bola perigosa e aos 22, Lionel Messi teve a oportunidade mais clara da Argentina, quando ficou mano a mano com Galíndez e seu chute cruzado terminou na trave. O Equador conseguiu equilibrar a partida com boas chegadas de Emiliano Martínez e Enner Valencia.

Aos 39 chegou à merecida vantagem no placar. Nicolás González foi derrubado pelo goleiro Galíndez quando se direcionava até o gol, mas ficou com Messi que, encontrou De Paul: sem goleiro, ele empurrou para a rede.

Na volta do segundo tempo, o Equador foi o primeiro a chegar com perigo, através de Enner Valencia. Mas a Argentina não teria problema em manter-se na frente do marcador.

A ‘Albiceleste’ definiu o marcador aos 38, em bobeada na saída de bola do Equador. Messi tocou para Lautaro, que fuzilou o goleiro. Aos 47, Messi ainda conseguiu ampliar o marcador em cobrança de falta.