Completo e premiado, Caio Souza lidera a equipe masculina do Brasil no Mundial de Ginástica

Caio Souza vem tendo um ano praticamente perfeito na ginástica. E é com o ótimo retrospecto de 2022 que ele chega para o principal objetivo do ano, como grande nome da equipe masculina do Brasil: o Mundial de Liverpool, na Inglaterra. A competição começou no último sábado, 29, e terá transmissão ao vivo do Canal Olímpico do Brasil a partir de terça, dia 1, quando se iniciam as finais. 

Nesta segunda-feira, a equipe masculina se apresenta na classificatória. Com Caio Souza como a principal esperança de puxar o Brasil em busca de medalhas na competição. É exatamente isso que ele tem feito em 2022. 

Em junho, Caio se tornou o primeiro brasileiro a ganhar medalhas em todos os aparelhos na Copa do Mundo. Na etapa de Osijek, na Croácia, ele conquistou a prata no salto e nas argolas, e o bronze no cavalo com alças e nas barras fixas. Em etapas anteriores, ele já havia medalhado no  salto, no solo e nas paralelas.

Isso ocorre pelo fato de Caio ser um generalista, aquele que compete em todos os aparelhos da ginástica. 

“É muito difícil os atletas iniciarem no esporte com um aparelho específico em mente. A preferência acontece com o tempo. O meu treino tem seis horas, então eu faço uma hora em cada aparelho. Mas isso não impede que os generalistas sejam especialistas em algum aparelho. Temos vários casos de atletas que são generalistas e melhores do mundo em algum deles”, disse Caio, que se considera especialista no salto, aparelho no qual foi finalista nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. 

No Pan-americano de Ginástica, realizando em julho, no Rio, Caio Souza mais uma vez brilhou, conquistando cinco medalhas, maior número de toda a competição. A principais foram o ouro no individual geral e no salto. 

Nos Jogos Sul-americanos Assunção 2022, última competição antes do Mundial, mais uma vez Caio deu show. Foram quatro medalhas de ouro e uma de prata, desempenho suficiente para que fosse eleito o melhor atleta masculino de todo o evento. 

A competição por equipes no Mundial de Ginástica valerá vaga para os Jogos Olímpicos Paris 2024. Os três primeiros se classificam diretamente para o evento, enquanto os outros finalistas se garantem no Mundial da Antuérpia, no ano que vem, principal torneio pré-olímpico.

Informações do COB.